This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sexta-feira, janeiro 09, 2004


    VOZES DO ALÉM

    Gente, peraí, peço licença, essa notícia publicada no Globo de hoje tem que ser reproduzida aqui na íntegra...

    Depois da polêmica com os roqueiros, o prefeito Cesar Maia já admite desistir de batizar o Circo Voador, na Lapa, com o nome de John Lennon. A mudança, porém, dependerá da identificação de um outro local em que não haja protestos contra a decisão. Cesar justificou sua decisão apelando para o sobrenatural: jura ter conversado com Lennon em sonhos na madrugada de terça-feira.

    — Lennon me pediu e estou pensando. Só volto atrás com um outro lugar para homenageá-lo. E se por acaso vier a cancelar o decreto, ali não irá o nome de ninguém. No sonho, os olhos estavam molhados e vermelhos. Acordei muito suado às 4h da manhã e não dormi mais. Fui para a sala e coloquei pela vigésima vez minha cópia do DVD John Lennon Legend. Vi e chorei quando ele cantava “The war is over” — acrescentou o prefeito.

    Sonhar com personalidades não é uma novidade para Cesar Maia. Em seu primeiro mandado, o prefeito tentou alterar o nome da Avenida Atlântica para homenagear Tom Jobim. Mudou de idéia após ter sido visitado pelo compositor em sonhos.

    — As conversas foram tão parecidas que acho que o Lennon e o Jobim, lá em cima, conversaram a respeito — disse ontem Cesar Maia.



    É, imagino a conversa que os dois andam tendo lá no Céu...
    - Aí, Tom, cê vai lá no sonho do César Maia hoje?
    - Quêisso, cara, agora é a sua vez! Esse cara é um mala! Já basta o que tive que aturar dele quando eu ainda morava no Rio...
    - Ih, minha vez, nada! Tô fora! Eu até já falei com esse pentelho: "The dream is over"! Mas ele insiste em sonhar comigo...


    adendo

    Já que tem tanta gente do Céu aparecendo pra levar um papo com César Maia, não custa nada perguntar:
    Quando é que a Nise da Silveira vai lá acompanhar o caso do César Mala?


    SEM ESSA, ARANHA

    Sob o signo do caos
    desligaram a luz vermelha.
    Mas no abismo,
    no carnaval, na lama,
    nem tudo é verdade.
    E portanto rogério ainda vive.


    VIAGEM DE AVIÃO JÁ ERA UM NEGÓCIO APERTADO.
    AGORA VAI SER MAIS AINDA!!


    Gente, essa paranóia dos americanos já passou de todos os limites do ridículo, né não?
    Agora querem proibir que as pessoas se levantam pra ir ao banheiro durante as viagens de avião porque as rodinhas ou filas diante da porta podem servir de ponto de encontro para os terroristas se reuniram e reverem suas estratégias de dominação da aeronave!!

    Já é caso de internação!! Tragam as camisas de força!

    Mas, como fazem com os loucos furiosos, vamos entrar no joguinho deles... Tipo não contrariar... E aí então pergunto: não seria melhor incentivar as filas diante dos banheiros dos aviões em pleno vôo, porque os terroristas, quando estiverem todos juntos fingindo que estão com vontade de mijar, poderão ser facilmente agarrados e presos! Claro. Com cada um na sua poltrona, como poderemos saber que são os terroristas? E como pegar todos de uma vez só?

    Eu acho a medida tão absurda, tornando viagens exaustivas ainda mais desconfortáveis, que quando eu cometer o desatino de embarcar para os EUA irei munido de um penico. Mijo ali mesmo sentadinho na poltrona e nem preciso ir ao banheiro.
    De preferencia, num penico com a bandeira americana.


    DE MOGADON EM MOGADON....

    Suplicy falou
    e falou e falou e clamou
    no deserto, pausadamente
    persistentemente
    citou o Alaska
    e finalmente vê aprovado & oficializado (de certa forma)
    sua proposta-ladainha da renda mínima para todos os brasileiros.

    Mas no papel. Sem dinheiro por trás. Não é nem uma renda mínima. É uma fantasia mínima.
    Bem que Lula o chamou de Dom Quixote.
    Ou seria Dom Pixote?


    PEITARIA

    As mulheres brasileiras deveriam se ligar no fato do FDA americano manter o veto ao implante de silicone nos seios por lá
    e nas razões colocadas na manutenção do veto.


    VAI SOBRAR PRA CÁ!!

    Tenho ouvido e lido em vários lugares esse raciocínio que é procedente.
    Bush
    num ano eleitoral
    precisando mostrar serviço pros conservadores
    e sem um Saddam no papel de vilão
    vai começar a perturbar o pessoal da América Latina.

    Chavez, Fidel, Kirchner, qualquer um pode ser a bola da vez...
    Ou o Lula?


    PRÉ-OLÍMPICO

    Pelo o que acompanhei no jogo contra a Venezuela
    seria uma boa Ricardo Gomes iniciar o próximo jogo
    com Rochemback em campo.
    Quando ele entrou no segundo tempo, a equipe brasileira melhorou seu problema de ligação no meio de campo.

    Mas deveria entrar no lugar do Elano, que não foi bem.
    E não no lugar de Daniel Carvalho.
    Assim se manteria a ofensividade empolgante dessa seleção, que após algum tempo atuando junto, tende a melhorar.

    Mas vamos ver.


    INBUSTIÇA

    Que espécie de vida é essa em que nem as estátuas paradas nas praças tem sossego?

    As praças já nem são mais do povo direito, vivem cercadas fechadas gradeadas. E agora roubam-se estátuas!

    Bustos de famosos estão sendo retirados do Passeio Público do Rio para que não desapareçam como as demais que já foram roubadas.


    Esse mundo está mesmo virado no alho!
    Conseguiram até índios pra protestarem contra a demarcação de suas terras.


    CITAÇÃO DE HOJE

    Temos que deixer de ser tapete. Os americanos não podem continuar pisando na nossa cabeça.

    Nelson Kirchner,
    presidente da Argentina

    quarta-feira, janeiro 07, 2004


    PRÉ-OLÍMPICO

    Olha, estou empolgado para hoje à noite
    espero que não me decepcione
    pois o futebol brasileiro tem me alastrado de decepções
    (tirando a campanha vitoriosa do cruzeiro e alguns jogos do santos).

    Ricardo Gomes armando uma seleção de maneira tão ofensiva
    com tres atacantes e mais um indo pra frente
    e botando os bons de bola pra jogar independente de posição ou imposição de treinador
    é um bom sinal e espero que apresente um futebol bonito e espero que dê certo e que inspire o seu parreira a se soltar um pouquinho mais, né.

    E que o Robinho agora arranque os calções dos defensores venezuelanos com bolas e tudo!

    NOMES DE FAVELA

    Foi o blog do Arnaldo Bloch
    que me chamou a atenção pra essa puta letra
    de Paulo César Pinheiro:

    O galo já não canta mais no Cantagalo
    A água já não corre mais na Cachoeirinha
    Menino não pega mais manga na Mangueira
    E agora que cidade grande é a Rocinha!

    Ninguém faz mais jura de amor no Juramento
    Ninguém vai-se embora do Morro do Adeus
    Prazer se acabou lá no Morro dos Prazeres
    E a vida é um inferno na Cidade de Deus

    Não sou do tempo das armas
    Por isso ainda prefiro
    Ouvir um verso de samba
    Do que escutar som de tiro

    Pela poesia dos nomes de favela
    A vida por lá já foi mais bela
    Já foi bem melhor de se morar
    Mas hoje essa mesma poesia pede ajuda
    Ou lá na favela a vida muda
    Ou todos os nomes vão mudar

    AFOGANDO EM NÚMEROS

    Em sua coluna do Comunique-se
    Ana Maria Bahiana cita números de 2003:

    a venda de ingressos para cinemas nos EUA caiu 5% no ano
    (contando só os meses janeiro-maio caiu 11%!)

    a venda de CDs nos EUA caiu 11% no ano
    (depois decair 37% em 2001 & 2002).

    É o começo do tão profetizado fim das megacorporações de entretenimento?

    AMB levanta um detalhe do nosso ponto de vista (de mercado secundários dessas corporações). Apertando o sapato e o cinto por lá, eles podem querer descontar ainda mais pra cima da gente, desovando mais produtos seus e bicando os nossos...


    ESTÁ PUTO O IDOSO

    A propósito da aprovação do Estatuto do Idoso,
    pode ser benéfica essa onda de denuncias e noticiamento de casos de maus-tratos com velhinhos.

    Mas muito mais importante do que casos isolados e pessoais
    seria apurar denúncias (e tomar medidas contra)
    nas clínicas de idosos neste país
    onde velhos vegetam sob péssimas condições.

    Ali as injustiças com o idoso ocorrem em massa
    dóris a serviço de esquemas comerciais.


    FICHAMENTOS CÁ

    O conceito da reciprocidade aplicada aos americanos entrando no Brasil
    vis a vis os brasileiros e outros cucarachas entrando no terreiro do Império
    foi uma boa. Uma idéia engraçada.
    Pimenta no cu dos outros é refresco.
    Pra eles verem o que é bom pra tosse.

    Mas por mais empolgante e lavadora de almas que seja, é uma piada.
    Coisa de efeito.
    Tem que ter um timing.
    A piada recontadas várias vezes começa a perder a graça.
    É o que acontece com o cadastramento de turistas americanos.

    Além disto é uma piada mal contada. Destrambelhada.
    A polícia brasileira mostrou toda a sua ineficiência
    ao não conseguir se organizar/se aparelhar pra essa função
    criando irritantes esperas de até oito horas.

    E ao contar a piada, acabou sendo ela mesmo o objeto dela.


    FICHAMENTOS LÁ

    Agora, que continua extremamente irritante também a prepotência e arrogância com que os americanos estão tratando essa questão (aliás, suas duas principais características), ah isto continua!

    Um brasileiro ter que se explicar pras autoridades na fronteira porque está de cabelos compridos, a essa altura...

    A ingerencia internacional de pretender obrigar outros países a incluirem microchips em seus passaportes nacionais....


    TROCA-TROCA

    Vocês já repararam que quando se fala nos nomes cogitados para ocupar ministerios no rodízio a ser promovido pelo Governo
    sempre vem assim
    fulano de tal, do partido tal ?

    A referencia das pessoas é o partido política.
    Ou então algum cargo política que ocupa como líder do governo em tal lugar...

    Não se fala nas qualificações técnicas da pessoa para o cargo.
    Não se menciona coisas que tenha feito que o levariam a ocupar tal ministério.


    O CLÃ MATHEUS

    o post de ontem sobre uma sacada do Jogo de Dama
    antecipou - e explicou - o conteudo da coluna de hoje do Xexeo.

    É tudo uma questão de genética!

    terça-feira, janeiro 06, 2004

    E não deixem de visitar as exposições virtuais de charges de fim de ano:





    além de comentar sobre os melhores filmes de 2003...

    EX-TERMÍNIOS

    Todos os assuntos logo abaixo se encontram na reportagem de Ricardo Miranda para a Isto É desta semana
    sobre os grupos de extermínio em Alagoas
    especializados em exterminar meninos de rua.


    Inclusive a história da maioridade penal. Pois o texto termina assim:
    Com uma realidade como essa,
    diz o advogado José Edmilson de Souza, coordenador do Fórum Estadual de Conselhos Tutelares, discussões sobre redução de maioridade penal em Alagoas são irrelevantes. “Aqui não apenas condenam, como matam os menores”, afirma.


    Leia aqui

    (foto de Carlos Magno)

    PRÉ-CONCEITOS

    Outro caso ilustrador dos pré-conceitos arraigados na alma e nos braços da lei brasileiros está na reportagem de Marco Antonio Martins para o JB.
    Quando as classes médias são tocadas as reações tem que ser rápidas e demonstrativas de serviço. Qualquer selviço. Qualquer sevícia.

    Na história desta vez, arrastões na praia assustaram os banhistas. E a imprensa. E a cidade. Obrigando os agentes a agirem. Prenderam os suspeitos de sempre: quaisquer meninos pobres. Como viram uma turma de meninos pobres juntos numa praça, engaiolaram todos. Estariam ali em turma planejando os assaltos. Na verdade aguardavam uma aula de artesanato do projeto Olha pra Mim.

    Mais cá.

    Lembram daquele crime hediondo nos ultimos meses do ano passado
    guria foi acampar com o namorado e foram passear no mato e pessoal pegou eles e matou o namorado e depois de dias cativa ela tambem foi morta?
    O rosto bonito da menina com cara de pidona estampada na imprensa por dias e dias?
    Os urros irados contra o menor maluco sádico de 16 anos e a consequente campanha pra se baixar o conceito de maioridade penal?

    Marilene Felinto escreve ótimo artigo em Caros Amigos botando coisas em seus indevidos lugares. Ponderações sobre a patologia pulsante.

    A morte da menina rica e o ódio de classe.

    DEZEMBROS

    Aliás, César Cardoso expressou melhor do que eu esse sentimento de não querer deixar os tempos relaxados dos feriados findanos pra singrar o mar do próximo ano.

    E chegamos a dezembro,essa ilha de férias cercada de meses de trabalho por todos os lados. Ou não, na terra das capitanias hereditárias há sempre o lado de fora, o lado do desemprego,o lado onde nunca há ninguem do seu lado. E você, assim como dezembro, também é uma ilha.

    (..)

    Voltamos à infância, esse período da vida que não deixa nenhum náufrago dormir, com suas lembranças fazendo-o soluçar para ninguém. Mas é da lembrança que lhe vem o conforto. Ele lembra que na infância toda ilha é uma porção de terra com um tesouro enterrado. Toda ilha é um sem parar de sonhos de piratas terríveis, batalhas dantescas e riquezas sem fim. E então ele pensa, como nós, o quanto custa sair do dezembro eterno da infância, largar os sonhos e aportar nas ilhas, sem ter mais na bagagem a ilusão de que existem coisas sem fim, a começar por nós mesmos.


    - César Cardoso
    "dezembros: as ilhas"

    Dúvida pertinente levantada pela Beduina dos Velso no Jogo da Dama - bem apropriada agora que Rosangela estréia como colunista de opinião do Jornal do Brasil:

    Rosinha Matheus é parente do Vicente Matheus, o finado presidente do Corinthians que tinha frases maravilhosas como:
    Quem tá na chuva é pra se queimar...
    Faca de dois legumes...
    E mais um monte que não eram dele, mas atribuídas a ele?

    segunda-feira, janeiro 05, 2004

    MELHORES DE 2003!!!

    Então vou publicar minha lista do que considerei os melhores filmes do ano de 2003, entre os 282 vistos naquele período.

    SELEÇÃO TITULAR
    (a ordem é apenas a ordem em que foram vistos)

    Bowling for Columbine - Michael Moore
    Spider - David Cronenberg
    The Pianist - Roman Polanski
    The Pledge - Sean Penn
    O Homem que Copiava - Jorge Furtado
    Far from Heaven - Todd Haynes
    Sen to Chihiro no Kamikakushi - Hayao Miyazaki
    Adaptation - Spike Jonze
    All or Nothing - Mike Leigh
    Chicago - Rob Marshall
    Les Invasions Barbares - Denys Arcand
    Mystic River- Clint Eastwood


    SELEÇÃO RESERVA

    The Quiet American - Philip Noyce
    The Hours - Stephen Daldry
    The believer - Henry Bean
    The Kid stays in the picture - Brett Morgen & Nanette Burstein
    Goodbye Lenin! - Wolfgang Becker
    The Return of the King - Peter Jackson


    FILMES QUE NÃO CHEGUEI A VER
    MAS QUE PODERIAM ESTAR NA LISTA

    Dolls # Segunda-feira ao Sol # Lugar Nenhum na África # Um Homem sem Passado # The 25th Hour # Kamchatka # Thirteen.


    FILMES QUE VI E QUE CERTAMENTE ESTARIAM
    NA LISTA SE TIVESSEM PASSADO NO BRASIL

    Donnie Darko - Richard Kelly
    Focus - Neal Slavin
    Lantana - Ray Lawrence
    Capturing the Friedmans - Andrew Jarecki
    Prisoner of Paradise - Malcolm Clarke & Stuart Sender


    DECEPÇÕES DO ANO
    (não são os piores filmes - esses até podem ser divertidos - mas aqueles tão chatos que não aturei até o fim!)

    Matrix Reloaded - Warshawski Brothers
    League of Extraordinary Gentleman - Steve Norrington
    L´Ultimo Bacio - Gabriele Muccino
    Full Frontal - Stephen Soderbergh


    MELHORES CLÁSSICOS QUE REVI EM 2003

    Playtime - Tati
    Le Grand Illusion - Renoir
    Godfather I II III - Coppola
    Los Olvidados - Buñuel
    Germannia Anno Zero - Rosselini
    Some like it hot - Wilder
    Amarcord - Fellini
    Le Nuit Americaine - Truffaut

    (leiam o post sobre minha contabilidade do ano)
    Aguardo seus comentários a respeito!!!

    E um bom ano cinematográfico para todos nós em 2004!!

    AFOGANDO EM NÚMEROS

    A Controladoria Geral da União, do governo do PT, deu uma incerta em 50 municípios sorteados ao acaso.
    Dos 50 municípios, 42 apresentaram desvios de verbas federais.
    Roubalheira generalizada.

    Não adianta se tentar dar um jeito no país como um todo
    enquanto a cultura da corrupção estiver enfronhada em todos os níveis.

    Todo mundo quer é se dar bem. Não importa.

    Então tá... vocês querem notícias, né? Vamos voltar a ler os jornais, depois desse hiato reveillônico... Pegamos o JB, por exemplo...

    Aí dou uma olhada na primeira página do JB.
    Britânicos matam prisioneiro a pontapés.
    Jovens apredejam idoso até a morte no Rio.
    O menino de rua que incendiou outro em Copacabana.

    Gente, assim tá dificil voltar a ler jornal...
    Retorno aos livros que ganhei no Natal!


    O PRIMEIRO DIA

    Relutei a sair da cama. A afastar as cobertas e girar as pernas até o chão.
    Ontem também terminei o dia apreensivo.

    Pois agora vem o primeiro dia do ano. Terminam os feriados, a sequencia dos tempos onde as pessoas festejavam ou viajavam ou simplesmente descansavam e me deixavam em paz, as publicacoes em almanaques ou retrospectivas folgavam por uma semana ou mais, as empresas cerram portas, planos concretos ficam suspensos em favor de resolucoes abstratas.

    As aporrinhações foram reduzidas. Mas agora recomeça a vida. A roda viva.
    Hoje os bancos reabrem e os relogios de pontos despertam seu tiquetaque e um ano se desenrola intacto para ser trilhado. Do primeiro grau da escada observo os degraus. Preferiria me esparramar aqui no pátio.

    Eu pessoalmente embarco numa viagem que é a realização concreta deste salão que vai me demandar intensamente e me consumir totalmente daqui ao inicio de maio. Isto pelo menos me empolga embora bloqueie meu tempo. Pior é retomar compromissos constantes e rotineiros. E pagar contas. E prolongar dívidas. E contrair preocupações.

    Saem Papai Noel, saem o Ano Velhinho, vai embora já o menino com a faixa e que chamam de Ano Novo. Entram as agendas e os horários marcados. O calendário. As calendas, As contendas. E nós, dromedários
    burros de carga
    iniciamos a travessia do deserto.


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER