This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, fevereiro 06, 2016

    Quem tem motivos pra pular no carnaval





    (Rio de Janeiro, RJ)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges


     




    Marcadores:

    PELA COCHLEA: Jefferson Airplane - Martha (Paul Kantner) IN MEMORIAM

     Martha she keeps her heart in a broken clock and it's waiting there for me
    She weeds apart through a token lock; What a great thing to be free
    She weeps time, starts unspoken, but when the gate swings there she'll be,
    There she'll be: in green sun, on blue earth under warm running shallow water

    sexta-feira, fevereiro 05, 2016

    O decote de Susan Sarandon ou o ‘problema’ de ser sexy aos 69 em Hollywood


    Críticas sobre o figurino da atriz nos lembram o quão desafiador é para as mulheres envelhecer






    "Um dos esportes favoritos das redes durante as festas de fim de ano foi especular se Carrie Fisher estava muito “caída” na volta da princesa Leia a Star Wars. Neste fim de semana, como em uma espécie de eterno-retorno, foi a vez de discutir se os peitos de Susan Sarandon mereciam ou não ser exibidos sobre o tapete vermelho. “Ninguém quer ver seu decote de velha! Cubra isso!”, tuitou Karen Salkin, uma pseudotentativa de Joan Rivers sem graça. É apropriado que os seios de Susan Sarandon apareçam na abertura do in memoriam?, dizia outro tuíte.

    Sarandon —uma ativista exemplar de 69 anos, embaixadora da Unicef, vencedora do Oscar, do Bafta e do prêmio do Sindicado dos atores, algo de que não podem se gabar todas essas contas repletas de moralismo— provavelmente ignora as críticas que seu poderoso vestido de Max Mara despertou nas redes. Mas falatório sobre a protagonista de Thelma e Louise expôs mais uma vez o recalcitrante preconceito de idade hollywoodiano. Ou, como resumiu Guillermo Alonso sobre esse episódio na Vanity Fair: “O que está por trás disso realmente é que uma mulher veio reforçar que os seios também existem aos setenta anos. E que têm o direito de ser mostrados.
    "

    leia o artigo de Noelia Ramirez​ >> 
    O decote de Susan Sarandon ou o ‘problema’ de ser sexy aos 69 em Hollywood | Estilo | EL PAÍS Brasil:

    Last Year People Spent More on Legal Weed than Cheetos, Doritos



    Last Year People Spent More on Legal Weed than Cheetos, Doritos

    "According to new estimates from ArcView Market Research and New Frontier Data, though, two marijuana industry market research groups, Americans spent $5.4 billion on legal medical and recreational marijuana last year.

    That’s a lot of pot. In fact, that’s more than the $4.9 billion Americans spent on Doritos, Cheetos and Funyuns combined in 2015. And although increased toking may have very well contributed to higher junk food sales, legal marijuana has left Cheetos in its own cheese-flavored dust. "


    read more>> 
    Last Year People Spent More on Legal Weed than Cheetos, Doritos :: Food :: News :: Paste

    Charge excepcional




    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Via iris: TRUMBO (dir Jay Roach rot John McNamara bas Bruce Cook, EUA, 2015)

    Filme sobre roteirista tem que ter um excelente roteiro e não é exatamente o caso deste; Mesmo assim, o filme tem impacto, pelo tema, a recuperação de um tempo histórico triste nos EUA, e a ânsia e necessidade de se criar. E pela interpretação de Bryan Cranston.

    Aliás, a escalação é ótima, com a brincadeira das semelhanças entre atores e figuras históricas. Funciona bem também  a mistura de cenas filmadas e cenas de filmes e cenas de arquivo. A maneira em que se apresenta os personagens é interessante. E um certo clima noir.

    Um dos melhores entre os que concorrem ao Oscar este ano.

    Empreiteiras vão poder desapropriar áreas



     

    leia a reportagem de RENATA MARIZ
    Empreiteiras vão poder desapropriar áreas; medida é alvo de crítica - Jornal O Globo

    Sobre o aborto




    "A epidemia de zika e o aumento explosivo do número de casos de microcefalia puseram na ordem do dia o debate sobre a descriminalização do aborto."

    " Defender a criminalização do aborto é fechar os olhos para o fato de que quase um milhão de abortos são realizados anualmente no Brasil, com cerca de 200 mil internações decorrentes de procedimentos mal feitos; é ignorar as estatísticas mundiais que mostram que o número de abortos se mantém estável quando a legislação muda a favor da mulher; é contribuir para a desigualdade social, porque mulheres ricas continuarão fazendo aborto sempre que necessário.

    Mas defender a criminalização do aborto é, acima de tudo, um ato de inacreditável soberba, que põe todos os “juízes” acima da mulher que optou por interromper a gravidez. Ora, fazer aborto não é uma decisão fácil ou leviana; nenhuma mulher faz aborto por esporte. Qualquer uma que chega a essa decisão já pensou muito, e já pesou, dentro da sua capacidade, os prós e contras da questão — mas os senhores e senhoras que a condenam acham que conhecem melhor as suas condições e os seus sentimentos do que ela mesma, e se acreditam no direito de castigá-la.
    "

    leia a coluna de Cora Ronai​

    quinta-feira, fevereiro 04, 2016

    Hora da Merenda



    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Jefferson Airplane - Wooden Ships (Paul Kantner/David Crosby/ Stephen Stills)

    Go take your sister then by the hand
    Lead her away from this foreign land
    Far away where we might laugh again
    We are leaving, you don't need us

    And it's a fair wind
    Blowin' warm out of the south over my shoulder
    Guess I'll set a course and go

     

    Tattoo artist asserts copyright over customers' bodies



    056c026d-1c66-4d42-9fae-a8e96df290c5-1020x944


    " For me, the most interesting question here isn't whether games require licenses to tattoos on famous peoples' bodies, but whether a person with a tattoo must consult with the artist who inked it whenever they sign a release allowing for its reproduction. On its face, there's a logic to this: tattoo designs unquestionable are creative works, and they are definitively fixed in a tangible form.

    But if your tattoo artist owns your design, then you cease to have title to your own likeness -- and your own flesh. In theory, you couldn't contract with another artist to alter or cover up the design (making an unauthorized derivative work), and in the EU, having the design removed could violate the tattoo artist's moral rights (right of integrity).

    The obvious parallel is to studio photographers. People who hired photographers to shoot their portraits or document their weddings have discovered, years after the fact, that no one will reproduce those photos without the studio's permission -- the worst-case scenario is when you can't get a blowup of your grandmother's wedding picture for her funeral because no one will print it out unless you figure out who owns the rights to the work of the long-dead photographer. "


    read the article by Cory Doctorow​>> 
    Tattoo artist asserts copyright over customers' bodies / Boing Boing

    This election could be the birth of a Trump-Sanders constituency


     

    "Sanders and Trump differ dramatically on many issues — from immigration to climate change— but both are critical of how wealthy donors and lobbyists dominate the political process, and both favor some form of campaign finance reform. Both decry corporations moving overseas for cheap wages and to avoid American taxes. Both reject trade treaties that favor multinational corporations over workers. And both want government more, rather than less, involved in the economy.

    So the breakup of a political-economic order can turn left or right, and which direction the revolt will take in the United States remains to be seen. What can be said is that the Trump and Sanders campaigns, taken together, could be harbingers of that revolt."


    read the article bu John B. Judis>>

    This election could be the birth of a Trump-Sanders constituency - Vox:

    Triplex errado



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    TCU proíbe Lei Rouanet para projetos com fins lucrativos e autossustentáveis


     ORG XMIT: XFD107 Fans cheer as members of the Brazilian band Detonautas perform during the Rock in Rio music festival in Rio de Janeiro, Brazil, Sunday Oct. 2, 2011. (AP Photo/Felipe Dana)

    "Não consigo vislumbrar interesse público a justificar a renúncia de R$ 2 milhões de receita do Imposto de Renda em benefício da realização de um projeto com altíssimo potencial lucrativo, como o 'Rock in Rio'", diz o relator do processo, ministro Augusto Sherman.

    O relatório do TCU aponta que o patrocínio distorce os objetivos do Ministério da Cultura, como o incentivo à cultura regional, já que o dinheiro prioriza as estratégias de marketing das empresas patrocinadoras."

     leia mais
    TCU proíbe Lei Rouanet para projetos com fins lucrativos e autossustentáveis - 04/02/2016 - Ilustrada - Folha de S.Paulo

    Homs used to have Homes


    Next time someone wonders why refugees are risking everything to come to Europe, show them this
     




    watch the video

    Zica presente em 21 países da América Latina





    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Jefferson Airplane / Ballad Of You And Me And Pooneil / Live 1970


    I have a house where I can go
    When there's too many people around me;
    I can sit and watch all the people
    Down below goin' by me;
    Halfway down the stair is a stair
    Where I sit and think about you and me;
    But I wonder will the sun still see all the people goin'
    Will the moon still hang in the sky when I die,
    When I die, when I'm high, when I die?
    If you were a cloud and you sailed up there,
    You sail on water as blue as air,
    You'd see me here in the fields and say,
    "Doesn't the sky look green today?"

    (Paul Kantner)

    quarta-feira, fevereiro 03, 2016

    De olho no tríplex



    Vi: BROOKLYN (dir John Crowley rot Nick Hornby bas Colm Tólbin, Irlanda, 2015) 

    Marcadores: ,

    Via iris : BROOKLYN (dir John Crowley rot Nick Hornby bas Colm Tólbin, Irlanda, 2015)


    Filme bonito e interessante com uma imigrante dividida entre o novo mundo e sua terra natal.
    Mas é certinho, acadêmico, não era pra estar entre os indicados ao Oscar de Melhor Filme - só se for pela interpretação premiável de Saoirse Ronan.

    'Aborto já é livre no Brasil. Proibir é punir quem não tem dinheiro'


     

    "Drauzio Varella é categórico quando o assunto é a interrupção de gestações. "O aborto já é livre no Brasil. É só ter dinheiro para fazer em condições até razoáveis. Todo o resto é falsidade. Todo o resto é hipocrisia."

    "A mulher rica faz normalmente e nunca acontece nada. Já viu alguma ser presa por isso? Agora, a mulher pobre, a mulher da favela, essa engrossa estatísticas. Essa morre."

    Em entrevista por telefone, Varella critica qualquer enfoque religioso sobre o tema - que voltou ao noticiário junto à epidemia de zika vírus e aos recordes em notificações de microcefalia - e afirma que o cerne da discussão não está na moralidade, mas na desigualdade brasileira.

    "Ninguém pode se considerar dono da palavra de Deus, intermediário entre deuses e seres humanos, para dizer o que todos devem fazer", diz. "Muitos religiosos pregam que o aborto não é certo. Se não está de acordo, não faça, mas não imponha sua vontade aos outros."

    leia a reportagem de Ricardo Senra​ >> 
    'Aborto já é livre no Brasil. Proibir é punir quem não tem dinheiro', diz Drauzio Varella - BBC Brasil

    Lula é flagrado levando frigorífico avaliado em R$ 6 milhões na cabeça




    "Fotos feitas durante passeio do ex-presidente Lula num sítio em Atibaia, cidade de sua propriedade, complicam ainda mais a situação dele diante da Justiça.

    O cerco se fechou ainda mais com a divulgação das imagens em que Lula aparece carregando um frigorífico na cabeça. De acordo com uma reportagem da revista Veja, o frigorífico é avaliado em seis milhões de reais."

     leia mais:
    Lula é flagrado levando frigorífico avaliado em R$ 6 milhões na cabeça

    Fim do recesso





    (São Paulo - SP)

     quer ver outras charges?
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Jefferson Airplane - Crown of Creation (1968) IN MEMORIAM PAUL KANTNER

    Soon you'll attain the stability you strive for,
    In the only way that it's granted:
    In a place among the fossils of our time.

    In loyalty to their kind
    They cannot tolerate our minds.
    In loyalty to our kind
    We cannot tolerate their obstruction!

    Life is change.
    How it differs from the rocks.
    I've seen their ways too often for my liking.
    New worlds to gain.
    My life is to survive and be alive
    for you.

    (Paul Kantner) 

    terça-feira, fevereiro 02, 2016

    IMAGENS




    MAUREEN BISILIATT

    Operação Lava Jato: a ‘terceira temporada’


     
     

    "A exemplo das séries que compõem a era de ouro da TV norte-americana (Os Sopranos, Breaking Bad, Mad Men...), a season two da Lava Jato encerrou 2015 no auge: num dia, o presidente da Câmara Federal foi acordado por agentes da PF batendo à porta de sua residência em Brasília com mandados de busca e apreensão, na fase intitulada Catilinárias –tendo seus celulares e notebooks apreendidos. No outro, Janot pediu ao STF o seu afastamento da Câmara, apenas um dia antes do recesso parlamentar, deixando quem acompanha o caso em total suspense.

    Se fevereiro é o mês oficial das estreias de séries de TV, a Lava Jato não fica atrás com sua terceira temporada, onde eventuais consequências para o ex-presidente Lula e a cúpula do PT dividirão atenções com as decisões dos tribunais superiores sobre os acusados presos na investigação. "


    leia a reportagem de Marina Novaes​ >> 
    Operação Lava Jato: a ‘terceira temporada’ | Brasil | EL PAÍS Brasil


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER