This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, julho 07, 2007

    Pitcharges



    MOA
    Porto Alegre


    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores:

    live earth muito vivo

    O lado musical pode ser legal
    (embora como sempre tenha muita baba no meio - e não estou falando do Baba Maal)
    mas pelo lado político ou de conscientização ou ecológico ou o nome que queiram dar
    esses live-earths para mim
    são imensos comícios de Al Gore que o candidato conseguiu montar em vários locais do planeta
    e com audiencia massiva pela TV e internet.

    Aliás, todo esse aparato ecológico que o cerca
    (embora as inconveniencias das verdade que diz no célebre filme
    e sua bandeira verde seja válida)
    é visto por mim ainda com desconfiança.

    Agora temos aí o Gore musical, liderando movimentos roqueiros, mobilizando músicos pelo mundo.

    Pois para mim ainda é o Al Gore que, quando congressista, esbravejava em comissões de inquérito contra o conteúdo das letras de rap e do rock.
    Sim, as pessoas podem mudar

    mas um pouco de memória sobre quem foram os pretensos líderes também ajuda.



    adendo

    voltando aos mega-concertos:
    muitos já levantaram por aí o fato do evento ser contra a poluição e ao mesmo tempo um fator altamente poluente ao deslocar e reunir tantas pessoas em locais para onde vão queimando combustíveis, com seu rastro de lixos & detritos

    Matthew Bellamy, do Muse, cita também a hipocrisia do line-up incluir artistas que estão ao mesmo tempo nas telas fazendo anúncios dos carrões SUVs devoradores de petróleo.

    Eu achei estranho a transmissão aqui pelo multishow ser patrocinado, entre outros, pelo Corsa, que por mais flex que seja é um automóvel elemento principal de da deterioração do planeta.
    Mas isso sou eu, um ranzinza
    que acha um absurdo a Oi estar tompeteando como revolucionário e resistência a valores
    o fato de vender celulares desbloqueados
    quando até agora a Oi também insistia com essa prática absurda e idiota de querer controlar o uso dos chips nos celulares. De repente caiu a ficha telefônica?


    adendo dois
    e, antes de despedir, lembrando ainda o Al Gore
    este político que tem uma mansão nada verde e ecologicamente correto.
    Escrevi "memória" acima e sobre esta questão passo o texto ao Jamari França - um que tem memória - conforme escreveu em O Globo:

    Iniciativas de um político que já foi vice-presidente dos Estados Unidos e tem no currículo algumas iniciativas duvidosas em troca de apoio, sempre provocam suspeitas de que esteja manipulando todo mundo de olho, quem sabe, numa futura candidatura à Casa Branca. Nesta trajetória ele poderia ter iniciativas duvidosas como aconteceu em 1987, segundo reportagens da revista Newsweek e do Wall Street Journal. Nos estados do Tennessee e da Carolina do Norte o rio Pigeon foi pesadamente poluído pela fábrica de papel Champion International, a ponto da água ficar com cor de café e exalar cheiro ruim. Gore fez campanha contra a poluição e pediu providências à Agência de Proteção Ambiental (EPA).

    De repente mudou de posição porque dois políticos dos quais precisava para as primárias, o senador Terry Sanford e o deputado Jamie Clarke, da Carolina do Norte, lhe ofereceram apoio se deixasse a fábrica em paz. Gore voltou a procurar a EPA para pedir que fosse menos rigorosas em relação aos padrões ambientais da Champion. Foi atendido, recebeu o apoio e venceu no estado. Uma atitude bem inconveniente.


    ilustração de Cau Gomez
    .
    clique no desenho para ve-lo maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores: , ,

    Palavras: Bob Geldof

    Espero que tudo corra bem com o Live Earth, mas por que Gore está organizando isso? Para que a gente tenha consciência do efeito estufa? Todo mundo sabe disso há anos. Todo mundo sabe tudo sobre a porra do aquecimento global. O Live Earth não tem um objetivo final. Eu só organizaria um evento desses se pudesse subir no palco e anunciar medidas concretas vindas dos candidatos presidenciais, do Congresso ou das grandes corporações americanas sobre o tema. Eles não tem garantia alguma. Então é apenas um concerto pop para que Madonna e Coldplay subam ao palco pela milésima vez.

    - Bob Geldof

    Marcadores:

    sexta-feira, julho 06, 2007

    Era Dunga



    FRANK
    Joinville


    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores:

    Tudo isso é uma grande PANlhaçada!!

    Pra você que - como eu - não está aguentando mais tanta forçações de emoções em torno deste PAN
    vendo tanta grana ser jogado fora ou desviado para bolsos forrados

    recomendo a entrevista com Juca Kfouri e José Trajano na Caros Amigos deste mes.



    leia trechos aqui


    Aliás, você quer acompanhar o noticiário que realmente interessa sobre o PAN?

    Acompanhe este blog:


    É lá que se descobre, por exemplo, que os voluntários para ajudarem no PAN estão sendo realmente voluntariosos: não recebem nem dinheiro pra condução e estão tendo que pagar para ir ajudar o PAN.
    (será que tem pelo menos um lanchinho ou tem que trazer biscoitos de casa?)

    E que foram gastos (do nosso dinheiro) R$ 240 milhões para botar o Maracanazinho nos trinques... para depois do PAN o local ser entregue para uma empresa privada.

    E foi onde descobri a explicação para César Maia ter dado nota 10 para a Vila do Pan quando de sua inauguração (inacabada) esta semana:
    Por ordem do prefeito, alunos das escolas municipais cariocas não precisam mais freqüentar aulas nem fazer provas para serem aprovados e receberem diploma. É por isso que ele deu nota 10 para a Vila Pan, e comparou a uma escola (municipal, bem entendido). É porque, na administração dele, nota em escola não significa coisa nenhuma.

    .

    Marcadores: ,

    Afogando em números

    15% dos universitários cariocas nunca leram um livro
    (a não ser os didáticos, obrigados pelas escolas)

    36% leram apenas de um a tres livros de ficção em toda a sua vida

    9% dos universitários cariocas lêem jornal diariamente

    - pesquisa do Instituto Toledo

    (e isso entre alunos de um estudo "superior", e numa metrópole como o Rio...

    .

    Marcadores:

    quinta-feira, julho 05, 2007

    Roriz escapa por um triz



    DALCIO MACHADO
    Campinas

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Que Maravilha ?!

    A escolha do Alemão
    como garoto-propaganda dessa campanha pelo voto no Cristo Redentor
    indica bem o ridículo o despropósito e a forçação que tudo isso é.

    No início de maio, antes de começar este circo, eu já escrevia aqui que a estátua do Cristo Redentor, por que mais que simbolize a nossa cidade, NÃO merece estar numa listagem de Sete Maravilhas Mundiais.

    Pensem na Acrópole, em Angkor Wat, no Taj Mahal, na Grande Muralha da China, em Petra e tal... e o Cristo, lá do alto, não chega aos pés dessas maravilhas.
    Mesmo a Torre Eiffel - que para mim tampouco estaria entre sete, se tivesse que escolher - outro simbolo de cidade, e apenas uma edificação, representa muito mais por ter sido um feito de engenharia e uma ousadia arquitetonica.

    Mas a campanha está a pleno impulso, com o Governo gastando dinheiro em anúncios,
    quando as autoridades deveriam estar preocupadas em acabar com a bandalheira aos pés do Cristo e em aprimorar a infra-estrutura turística do local.

    Será que o próprio Cristo é que vai ter que descer do pedestal e enxotar os vendilhões?

    .

    terça-feira, julho 03, 2007

    Charges



    SPONHOLZ

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"

    Marcadores:

    Democra CIA

    Com a divulgação dos "family jewels" da CIA
    listagem de documentos antes "secretos"
    - e que ao contrário do alardeado não estão sendo liberados porque os diretores atuais da CIA são bonzinhos
    e sim como consequencia de injunção judicial e processo impetrado por grupo de direitos civis e que se arrastava por anos -

    comprova-se afinal o que se dizia e alguns até hoje tentavam negar
    o golpe de 64 teve SIM ingerência dos EUA.

    ... sou de um tempo em que afirmações como esta davam prisão....


    Transcrição oficial dos documentos (inclusive com busca)

    O apoio americano ao golpe de 64

    Brasil & CIA em detalhes

    ,.

    Marcadores:

    Semântica

    Lá na Barra, sair pra pegar umas mulheres tem um outro sentido.

    Marcadores:

    segunda-feira, julho 02, 2007

    Imagens



    foto de Marco Antonio Cavalcanti

    clique na fotografia para ve-la maior
    para ver outras imagens clique em
    "marcadores: imagens"

    Marcadores:

    As 80 faces do Chico

    As 80 faces de Chico

    Organizado por Ziraldo, ‘É Mentira, Chico?’ chega às lojas trazendo caricaturas dos personagens famosos do humorista, como Professor Raymundo e Justo Veríssimo

    Bruna Campoy, bruna.campoy@grupoestado.com.br

    Saudades de Alberto Roberto, Véio Zuza, Coalhada, Justo Veríssimo e Professor Raimundo? Se a resposta for sim, seus problemas acabaram. Estão de volta, desta vez em livro, quase 80 personagens de Chico Anysio. A criatividade do comediante que mais tipos criou no País acaba de ser eternizada de uma forma bem original: nas páginas do livro É Mentira, Chico? O lançamento acontece na próxima quinta, às 19h, na Livraria Saraiva de Pinheiros. Amigo de Chico, o cartunista Ziraldo foi o responsável por resgatar os personagens e selecioná-los para o livro. Também organizou a produção editorial, escreveu a introdução e desenhou os personagens Pantaleão e Professor Raymundo. Chico e seus ‘alter-egos’ foram retratados no livro por 40 dos maiores cartunistas do País. A idéia de fazer o livro é antiga, mas só de três anos para cá foi que o projeto começou a sair do papel. “Muita gente vai morrer se o Chico morrer”, foi o pensamento de Ziraldo ao sugerir a criação da obra e correr atrás de pessoas que pudessem ajudá-lo a concluir a publicação. Projeto em família O filho adotivo do homenageado, André Lucas, que concedeu os arquivos fotográficos dos personagens, foi a peça chave para o andamento da obra. Ele se mostra mais que satisfeito com o resultado: “Sou suspeito para falar, mas achei que o livro ficou maravilhoso. É um marco nacional.” Cada uma das criações catalogadas na obra ganhou, além de uma caricatura, biografia própria e texto com uma cena humorística escritos pelo próprio Chico Anysio. “Não tinha tempo para me dedicar ao projeto antes. Quando meus programas foram tirados do ar, comecei a escrever os textos”, afirma Chico ao JT. Em toda sua carreira, Chico Anysio encenou mais de 200 personagens, principalmente nos programas humorísticos da TV Globo. No livro estão registrados 77 deles, que são os que Chico conseguiu guardar na memória ou em arquivo. “Três emissoras nas quais trabalhei foram fechadas e, por isso, perdi alguns registros. Foram muitos personagens criados ao longo de décadas, não consigo lembrar de todos”, diz o humorista. Tipos variados como Bento Carneiro, o Vampiro Brasileiro, Nazareno, o corrupto Justo Veríssimo, o gay Haroldo, a apresentadora Neyde Taubaté e o favorito do humorista, o Professor Raymundo Nonato, são algumas das criações que podem ser conferidas nas mais de 190 páginas do livro. Não é à toa que Raymundo é seu papel preferido: ele ficou no ar na TV Globo durante uma década e ajudou a revelar humoristas como Tom Cavalcante e Cláudia Jimenez. O título É Mentira, Chico? é uma referência à frase marcante do personagem Pantaleão, que aparece na capa caricaturado por Ziraldo - uma repetição da capa do livro É Mentira, Terta?, de 1973. Grandes nomes da caricatura brasileira estão envolvidos no projeto. Há desenhos de artistas como Lan, Aroeira, Ique, dos irmãos Caruso, Cárcamo, Loredano e Baptistão, estes dois últimos caricaturistas do Grupo Estado. Todos os 40 profissionais aceitaram o convite feito por Ziraldo e pelo curador do livro, Ricky Goodwin, para desenhar cerca de dois personagens cada um. Os artistas aceitaram fazer o trabalho gratuitamente. “Este é um projeto que vale a pena. Assisti muito ao Chico e a caricatura dele sempre transparece bem”, diz Baptistão, responsável pelos personagens Jovem e Véio Souza. A seleção de quem iria desenhar cada personagem foi feita por sorteio e houve a decisão de doar todos os direitos resultantes das vendas do livro para o Retiro dos Artistas, asilo localizado no Rio que abriga artistas em situação de pobreza. “Todos que já viram gostaram do livro. Eu agradeço a gentileza das pessoas por lembrarem de mim”, finaliza o homem conhecido em seu meio por mestre. LANÇAMENTO Ziraldo lança ‘É Mentira, Chico?’ às 19h do dia 5 (quinta) na Livraria Saraiva Pinheiros (Avenida Rebouças, 3970) ‘É Mentira, Chico?’ Ed. Di Momento Preço: R$ 60

    Vistos na Semana

    Via IRIS:

    Apocalypto (Mel Gibson, EUA, 2006)
    Xiang ri kui - Flores da Manhã (Yang Zhang, China, 2005)
    The Trouble with Harry (Hitchcock, EUA, 1955)
    Hoodwinked! (Cory & Todd Edwards, EUA, 2006)
    Cenizas del Paraiso (Marcelo Piñeyro, Argentina, 1997)
    Bin-jip - Casa Vazia (Ki-duk Kim, Coreia, 2004)
    Notes on a Scandal (Richard Eyre, Ing, 2006)

    A semana foi muito boa.
    Apesar de toda a tacanheza de Mel Gibson, seu filme maya é bom, ritmo de thriller, historia historica, rica em reconstituições, com imagens belas.

    Hoodwinked é chamado aqui de "deu a louca na chapeuzinho" e um caso raro de longa de animação independente - bem realizado e as idas e vindas do roteiro rashomonico-noir são interessantes.

    O filme do argentino Piñeyro (um dos principais nomes do novo cinema de lá) é uma trama de detetive mas no fundo uma crítica política.
    Assim como Xiang ri kui usa uma historia familiar para narrar (de forma crítica) a repressão chinesa dos ultimos tempos.
    Uma mãe comentou comigo que iria exibir o filho para o filme para mostrar que os pais embora não pareça acabam tendo razão, mas minha visão do personagem é a de que é um pai terrível.

    "The trouble with Harry is that he´s dead." E ninguem sabe o que fazer com o corpo.
    Mas mesmo sendo um Hitchcock é um hitchcock menor, mais engraçadinho, e que ficou datado, apesar da premissa e de cenas isoladas interessantes.

    O filme do diretor daquele "Primavera, Verão, etc" tem uma premissa mais do que interessante, acompanhando um rapaz que vive sua vida na casa de outras pessoas, onde entra sorrateiro, e nao pronuncia uma palavra durante toda a película. Imagens belas, cenas de impacto, no final porém toma outro rumo não-tão-bom quanto as histórias das casas.

    E o filme do escândalo são atuações excelentes de Judi Dench e Cate Blanchett.
    Mais uma historia de obsessões e casas vazias.



    para ver as listas anteriores
    clique em Marcadores: Filmes


    Marcadores:

    Indecên Cia



    Liberadas quilos de papeladas "secretas" da CIA
    relativas às suas operações nos anos 50 e 70

    comprova-se então todas aquelas acusações que se cansou de tentar veicular na época
    rechaçadas como fantasistas
    tá tudo lá
    desde a morte de allende à morte do sonho brasileiro
    o treinamento de torturadores condores latinos & chacinas na áfrica

    documentos circulados na calada (e à custa de calos & calações)
    como estandartes denunciando conspirações
    mantido sufocados como se ameaças terremotais

    hoje são publicados sem estremores ou quedas.

    Mas alguém acredita na atual diretoria da organização, que alega pdoer divulgar essa historias pois pertencem ao passado e hoje nao se age mais assim?

    Onde estão os "family jewels" dos anos 80, 90 e principalmente os atuais?


    Linha Temporal da CIA

    ilustração de Siné
    (capa de um livro ilustrando trocadilhos CIAnescos
    e que Jaguar adaptou para o Brasil nos anos 60)

    Marcadores:

    Pitcharge



    THOMATE


    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em
    "marcadores: charges"



    Marcadores:

    No Alemão

    As forças policiais agiram bem de ficarem posicionados, cercando, realizando levantamentos de informações esperando o momento de dar o bote ao invés de subir morros estabadamente como de praxe.

    Mas o bote.. peraí:
    na investida contra o Morro do Alemão, eles subiram ate o topo, gritaram vitória...
    e aí desceram o morro de volta?
    Não fincaram nem uma bandeirinha?
    .
    Avanço militar é ocupação de território,
    securançiando a área.

    (No dia seguinte traficantes patrulhavam ostensivamente o morro.)

    Não entendi então porque tantos cantos de vitória
    na imprensa e em quetais.
    Seria pelas 19 baixas supostas entre o inimigo?

    adendo

    É vero que essa incursão foi mais do que fora feito em todas gestões anteriores
    mas é preciso ainda mais do que isso:
    ocupação não só maciça como permanente e - mais importante - ganhando a confiança e apoio dos habitantes.

    Marcadores:


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER