This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, dezembro 20, 2008

    Imagens




    ALice Smeets
    Foto do Ano - Unicef

    Marcadores:

    Por aí....

    The internet: uncontrolled and dangerous
    guardian

    cinco versões de um nu
    guardian jazz
    (five jazz musicians create versions for radiohead´s nude)

    Enquanto isso, no Polo Norte...






    DÁLCIO


    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges


    Marcadores:

    quarta-feira, dezembro 17, 2008

    Entrando de Sola


    Manchete das agencias internacionais:

    Bush comenta a sapatada em Bagdad: imprensa é livre no Iraque democrático.

    Deve ser por isso que cobriram o jornalista de porrada, fraturaram seu braço e ele está preso aguardando condenação.

    Marcadores: ,

    Madonna em charge




    AROEIRA


    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    terça-feira, dezembro 16, 2008

    Só no sapatinho

    Desde o porque no te calas
    proferida pelo rei Juan Carlos para Hugo Chávez
    que o mundo inteiro não aplaude tanto um gesto.

    Charges Sapatadas





    AMORIM







    QUINHO






    AROEIRA





    DÁLCIO


    clique nas charges para ve-las em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges



    Marcadores: ,

    segunda-feira, dezembro 15, 2008

    Por aí....

    Acusar a grafiteira Carolina da Mota, presa há 52 dias, de "danificar patrimônio tombado" é estratégia hedionda
    folha


    Bush leva sapatada
    video em BBC Brasil


    Repercussões da Sapatada
    folha online


    Pentágono fracassou no Iraque, diz relatório

    nytimes via estadão


    Ivan Lessa revela o pior escandalo de Obama
    bbc brasil

    Marcadores: , , ,

    domingo, dezembro 14, 2008

    Charges de Peso




    VERONEZI






    AROEIRA





    AMORIM


    clique nas charges para ve-las em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges


    Marcadores: ,

    Ota faz leilão do MAD



    Neste domingo (14/12) rola um leilão de objetos relacionados a revista "Mad" organizado por Otacílio D´Assunção Bastos (o Ota, na foto), que por mais de 30 anos foi o editor das edições brasileiras da revista americana (que existe desde os anos 50 lá, e desde a década de 70, cá). Como recentemente se desligou do cargo (a revista agora sai por uma editora paulista), o também cartunista resolveu se livrar de vários objetos e memorabílias referentes à revista, que ele colecionou nestas três décadas e empilhou em seu apartamento.

    O leilão (com lances a partir de R$ 1,99) acontece num dos módulos das Casas Casadas, em Laranjeiras, entre 18h30m e 20h30m. Antes disso, esteve em exposição numa das salas da casa, vários originais publicados ou não pela revista. Como um poster assinado por Sergio Aragonés (o das piadinhas marginais) quando este visitou o Brasil há alguns anos, e várias artes originais feitas por colaboradores, vivos ou mortos, da revista.

    O local é muito bacana, mas para chegar até a sala onde está a exposição e vai acontecer o leilão é preciso entrar numa livraria, subir um lance de escadas onde fica um bistrô e depois ir numa porta que fica nos fundos. Não há qualquer indicação disso e o incauto fica rodando um pouco pelo lugar (que também conta com uma sala de venda de CDs e DVDs onde acontecem pocket shows) até achar. Mas vale pelo passeio, para conhecer um ponto cultural da cidade pouco divulgado (fica na pequena rua Leite Leal, 45, que acaba na Rua das Laranjeiras, próximo à Hebraica) e que também tem uma sala de cinema gratuita.

    Do leilão, farão partes objetos como relógios, rolos de papel higiênico personalizados, originais autografados, bonecos variados, coleções completas de edições nacionais, muitas revistas e livros importados, cartas de baralhos, lancheiras e tudo o que tenha a marca Mad ou a cara do mascote Alfred E. Neuman.

    - Tom Leão

    Marcadores:

    Mais Leilota




    Coisa de louco
    Cartunista que fez História na revista ´Mad´ brasileira vende seus tesouros em leilão




    O que parecia impossível aconteceu. Depois de 34 anos à frente da versão brasileira da revista politicamente incorreta “Mad”, o cartunista Otacílio d’Assunção, mais conhecido como Ota, deixou a publicação e faz, hoje, a partir das 18h30m, nas Casas Casadas, em Laranjeiras, um leilão com raridades relativas ao universo adolescente-esquisitão da “Mad” acumuladas durante todo esse tempo. Entre as relíquias estão revistas, originais dele e de 20 outros cartunistas (como Nani, Angeli, Carlos Chagas e Ique), pôsteres, bonequinho feito pelo artista Zé Andrade...

    — Queria fazer uma festa para fechar o ciclo, uma cerimônia de exorcismo — explica Ota.
    Esse tesouro foi se formando meio por acaso. Além de editor, colaborador e a cara da “Mad” no Brasil, Ota era também o depositário dos artistas desencanados que deixavam seus originais — feitos à mão, com guache em folha de papel vegetal — na sua casa, que durante muito tempo serviu como endereço oficial da publicação.

    — Tinha verdadeiras obrasprimas no acervo sem saber — conta Ota, enquanto revira pilhas e mais pilhas de papel. Para se ter uma idéia da dimensão da coisa, esse acervo ocupa dois apartamentos, cada um com 80 metros quadrados, na Praça da Bandeira. Só de encalhes — exemplares que sobraram nas bancas — há dois mil na casa do rapaz que, depois do mascote sardento Alfred E. Newman, foi o nome que mais apareceu na versão brasileira da revista. Foram nada menos do que 300 edições. Desde 1974, quando passou a ser publicada no Brasil, até outubro deste ano, o cartunista e jornalista só deixou de fazer entre os números 92 ao 103 das edições nacionais.



    Tanto as obras de artistas quanto as peças divertidas que estarão à venda foram selecionados a dedo. A escolha das peças começou em setembro e só vai terminar às 18h29m, um minuto antes de o evento começar. Serão 60 lotes, entre R$ 1,99 e R$ 500. As opções vão desde um rolo de papel higiênico temático (R$ 1,99, o lance inicial) a caricaturas de gente como Paulo Coelho e Delfim Netto (a partir de R$ 300), passando por um original do “Relatório Ota” (R$ 49,99). — Cada vez que abro uma caixa, encontro uma coisa melhor para entrar no leilão. Não acaba nunca — diz Ota, confessando que o processo de seleção não foi simples. — Está sendo uma tortura. Entre seus itens preferidos está uma edição especial que tinha uma contra-capa sobre papel reciclado. Para chegar ao resultado que queria, o artista juntou diversas embalagens de produtos e de revistas para simular a reciclagem e resolveu colar uma barata, de verdade, no original, para dar a impressão de que tudo (mesmo) se recicla.


    — O dono do fotolito veio pessoalmente dizer que se recusava a escanear aquilo. Poxa, e me deu o maior trabalho arrumar uma barata para colocar ali — diverte-se. Hoje, a revista, que já chegou a ter uma tiragem de 200 mil exemplares, vende cerca de oito mil unidades por mês. Ota acredita que a brincadeira ficou cara para o público-alvo, entre 11 e 14 anos de idade, custando quase R$ 6. Sem romantismo, ele sabe que a revista é uma besteira — no melhor sentido da palavra —, e que assim que o adolescente arruma uma namorada ou coisa melhor para fazer, deixa a “Mad” de lado. E não é só isso.

    Antes, os gibis e o cinema eram as únicas diversões acessíveis a esse público; agora, a realidade mudou. Tem videogame, internet, DVD...

    — O adolescente de hoje prefere baixar tudo na internet e gastar seu pouco dinheiro com outras coisas — resigna-se.

    - Marcella Sobral


    fotos: Marizilda Cruppe

    Marcadores: ,


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER