This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, agosto 23, 2014

    O que pescou a Rede de Marina?





    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    quinta-feira, agosto 21, 2014

    pela cochlea: Eddie Vedder acoustic - Blue, red & grey [The Who]



    Some people seem so obsessed with the morning
    Get up early just to watch the sunrise
    Some people like it more when there's fire in the sky
    Worship the sun when it's high

    Some people go for those sultry evenings
    Sipping cocktails in the blue, red, and grey
    But I like every minute of the day

    Libreprensa - Tico Santa Cruz


     O escritor Marcelo Rubens Paiva durante mesa sobre a ditadura militar na Flip, em Paraty, no início do mêsRoger Moreira no cenário do programa 'The Noite', nos estúdios do SBT em Osasco

    Na semana passada, o vocalista da banda Ultraje a Rigor, Roger Moreira, 57, apagou do Twitter mensagens (reproduzidas abaixo) em que atacava o jornalista e escritor Marcelo Rubens Paiva, 55. "Era melhor do que essa ditadura disfarçada que vivemos hoje."Roger diz que a lavagem cerebral é "um processo de anos e anos" praticado por militantes da esquerda.Para o cantor, é mais difícil "lavar o cérebro" de quem, como ele, pertence à Mensa, organização que reúne pessoas com QI alto.  

    leia mais

    Libreprensa - Tico Santa Cruz

    Após denunciar extração ilegal, agricultor é morto em MT

     " Pouco mais de uma semana após denunciar extração ilegal de madeira, desvio de verbas e emissão irregular de títulos de terra, o agricultor Josias Paulino de Castro, 54, e sua mulher, Ereni da Silva Castro, 35, foram mortos em Mato Grosso. Eles foram achados em uma estrada em Guariba, zona rural de Colniza (a 1.065 km de Cuiabá).

    Josias era presidente da Associação dos Produtores Rurais Nova União, do assentamento Projeto Filinto Müller. "


    leia mais>

    Mortes de agricultores elevam tensão por disputa de terra | JORNAL O TEMPO

    Na moral


    (Porto Alegre, RS)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,


    Millennials are happier than ever to connect with strangers online, despite the risk of being duped. Caitlin Dickson on why we’re wired to trust too easily.





    "My generation grew up with the Internet, spending formative years connecting with others online—first friends, then, increasingly, strangers. We’ve gotten used to sharing intimate details of our lives alongside our real names and photos. We seek friends, professional contacts, and dates in the same way we look for restaurants or concert tickets. A few years ago, our parents might have been worried that this fluency in digital communication would leave us somehow stunted, hiding behind the veil of an online persona. But the opposite appears to be true—millennials are only too eager to share their lives with people they don’t even know. Have we become too naive for our own good?

    When did we let our guard down? How did we evolve from the days of AOL, with its inscrutable user names and anonymous chat rooms, to sharing our age, sex, location, and damn near everything else about ourselves—and a geo-location tag to boot—with perfect strangers?"


    read more

    quarta-feira, agosto 20, 2014

    pela cochlea: Luli & Lucinha - Me Rói



    tomara, mercador de ilusão
    que a preço de espera eu seja a primavera
    madurando em verão
    e me beba completa, meu suco na tarde de som e suor
    meu suco é a tarde de sonho e quimera
    de sono e de espera

    bananeira no quintal
    na boca o gosto da vida, no ar temporal
    bananeira no jardim
    e o gosto da fruta madura dentro de mim

    Pescoçada de Marina






    (São José do Rio Preto, SP)

    para ver mais charges
    clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Both Israelis and Palestinians are losers in this conflict | Daniel Barenboim

     Palestinians salvage their usable belongings from the rubble of their homes

    "The first resolution that has to be achieved is a joint agreement on the fact that there is no military solution. Only then can one begin discussing the question of justice for the Palestinians, which is long overdue, and of security for Israel, which it rightfully requires. We Palestinians feel that we need to receive a just solution. Our quest is fundamentally one for justice and for the rights given to every people on Earth: autonomy, self-determination, liberty, and all that comes with it. We Israelis need an acknowledgement of our right to live on the same piece of land. The division of the land can only come after both sides have not only accepted but understood that we can live together side by side, most definitely not back to back"  

    read article by DANIEL BARENBOIM>

    Both Israelis and Palestinians are losers in this conflict | Daniel Barenboim | Comment is free | The Guardian

    Esforço de balde por água em SP




    JOTA A
    (Teresina, PI) 

    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges


    Marcadores: ,

    Arab world cartoonists prove a faster draw than their governments over Gaza | World news | The Guardian


     Saudi cartoonist Jabertoon's take on Gaza conflict

    "Israel is the main target of Arab fury, along with US support for it. But there is criticism too of the paralysis of the Arab League, whose history has been bound up with the Palestinian issue but which has yet to meet to discuss the crisis. In a cartoon by Jabertoon, an Israeli tank is shown being refuelled at a petrol pump marked "Arab silence".

    In "rescuing Gaza" the Saudi cartoonist Aimantoon drew a pampered teenager gorging on fries and fizzy drinks while gazing tearfully at the thousands of "likes" on a Facebook page in support of Gaza. A Libyan tweeted in a similarly critical vein: "Don't worry people of Gaza, Arabs around the globe are going to change their avatars and profile pictures to help you."

    "The Zionists are hitting Gaza," says a man in a cartoon by the Egyptian Amr Okasha. A second man, a bearded, turbaned jihadist with the black flag of Isis, pauses before slitting the throat of his terrified victim, and says: "We're busy, we only slaughter Arabs."


    read more>  

    Arab world cartoonists prove a faster draw than their governments over Gaza | World news | The Guardian

    terça-feira, agosto 19, 2014

    Ingleses e alemães recriam 'jogo da trégua' da 1ª Guerra - 17/08/2014 - Esporte - Folha de S.Paulo


    "Durante décadas, a existência do "jogo da trégua" foi colocada em dúvida. A história era boa demais para ser verdade. Tropas inimigas interrompem todas as hostilidades da guerra para disputar uma partida no meio do campo de batalha? 

    Como uma bola de futebol apareceu por ali?

     As cartas de diferentes militares da época relatam que em um dos dias de trégua por causa do Natal, soldados alemães e ingleses estavam nas trincheiras. Um germânico levantou uma bandeira branca e caminhou em direção aos britânicos. Logo, outros se juntaram e começaram as conversas e trocas de presentes entre os dois exércitos."

    leia mais
    Ingleses e alemães recriam 'jogo da trégua' da 1ª Guerra - 17/08/2014 - Esporte - Folha de S.Paulo:

    pela cochlea: Louis Jordan & His Tympany Five - Caldonia (Live)

    James Foley: Video Appears to Show Beheading of Journalist, Who Went Missing in Syria


     PHOTO: A screengrab from a video posted online appears to show American journalist James Foley shortly before he is killed by a masked captor.

    Foley was on assignment in Syria for the news outlet GlobalPost. The news organization's co-founder Charles Sennott said today there is "no reliable proof that this execution is authentic" and that they're working to gather information. 

    "If the video is verified, it is just unfathomable darkness to think that a life as bright as Jim Foley's ended that way," Sennott said. "He was an experienced and fearless journalist who believed deeply in reporting from the frontlines."

     read more
    James Foley: Video Appears to Show Beheading of Journalist, Who Went Missing in Syria - ABC News:

    Urubuzando



    (Rio de Janeiro, RJ)

    para ver outras charges clique em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    Criador do pop-up pede desculpas pela chatice


    "Zuckerman trabalhava no serviço de hospedagem de sites Tripod.com nos anos 90, e a equipe se desdobrava para encontrar um modelo de negócio lucrativo. Logo concluiu que vender publicidade era o melhor jeito de pagar as contas. Porém, em certa ocasião, os executivos de uma indústria automobilística surtaram ao ver que haviam comprado um banner numa página que celebrava o sexo anal.

    “Foi uma forma de associar um anúncio ao uso de uma página sem colocá-lo diretamente na página,"

    leia mais
    Criador do pop-up pede desculpas pela chatice - Reproduzido do Globo.com, 15/8/2014; título original “Foi mal: criador do pop-up pede desculpas pela chatice” | Observatório da Imprensa | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito

    E se curtíssemos tudo?


    " Poucos curtiram mais postagens no Facebook do que a Folha na quinta-feira (14) e na sexta-feita (15). Mil novas páginas foram adicionadas ao feed de notícias e todas as atualizações de amigos e empresas que apareceram na linha do tempo ganharam o nosso “curtir”. Tudo para descobrir como as escolhas oferecidas pela rede social são capazes de alterar um perfil em 48 horas.

    O experimento foi idealizado pela revista americana “Wired” e a Folha decidiu replicá-lo no país. O resultado é a transformação da linha do tempo em um ambiente inóspito, dominado pelas empresas que pagam para ter destaque na sua tela ou que mais se relacionam ao seu perfil."


    leia sobre a experiencia de Renato Oselame

    E se curtíssemos tudo? - Reproduzido da Folha de S.Paulo, 16/8/2014 | Observatório da Imprensa | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito

    segunda-feira, agosto 18, 2014

    Argentinos são sempre argentinos





    (Belo Horizonte, MG)
     

    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    What If Emoji Lived Among Us?












    : If emoji were real, how would our world change? In this whimsical mockumentary by stock-footage provider Dissolve, the popular pictographs become a part of morning sunrise, city skylines, and seemingly, all other aspects of everyday life.


    watch the video at The Atlantic

    What Science Says About Marijuana


     

    "Her testimony neatly illustrates the vast gap between antiquated federal law enforcement policies and the clear consensus of science that marijuana is far less harmful to human health than most other banned drugs and is less dangerous than the highly addictive but perfectly legal substances known as alcohol and tobacco. Marijuana cannot lead to a fatal overdose. There is little evidence that it causes cancer. Its addictive properties, while present, are low, and the myth that it leads users to more powerful drugs has long since been disproved.

    That doesn’t mean marijuana is harmless; in fact, the potency of current strains may shock those who haven’t tried it for decades, particularly when ingested as food. It can produce a serious dependency, and constant use would interfere with job and school performance. It needs to be kept out of the hands of minors. But, on balance, its downsides are not reasons to impose criminal penalties on its possession, particularly not in a society that permits nicotine use and celebrates drinking."

    read article by Philip M. Boffey in the new york times> 

    What Science Says About Marijuana - NYTimes.com

    pela cochlea: O GRANDE CIRCO MÍSTICO (Edu Lobo e Chico Buarque)




    Não sei se é um truque banal
    Se um invisível cordão
    Sustenta a vida real

    Qual
    Não sei se é nova ilusão
    Se após o salto mortal
    Existe outra encarnação

    Membros de um elenco
    Malas de um destino
    Partes de uma orquestra
    Duas meninas no imenso vagão

    Negro refletor
    Flores de organdi
    E o grito do homem voador
    Ao cair em si

    Tirando o casaco do armário


     
    (Campinas, SP)

    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Thousands of pro-peace Israelis stage demonstration




    Thousands of Israelis rallied in Tel Aviv on Saturday, backing peace talks with the Palestinians to end the Gaza conflict.

    The pro-peace protest was the largest in Israel since it launched operation Protective Edge on July 8, an offensive that has seen at least 1,980 Palestinian deaths and 67 on the Israeli side.

    It was organised by the opposition leftwing Meretz party and Peace Now, a group opposed to Jewish settlement building on occupied territory, and the communist Hadash party. [AFP]
     
    Gaza Blog - Live Blogs - Al Jazeera English

    A question from Gaza: Am I not human enough?


    Maisam Abumorr

     "The question now is, what am I supposed to do/be to be qualified as a human? As far as I can tell, I live like normal humans do. I love, I hate, I cry, I laugh, I make mistakes, I learn, I dream, I hurt, I get hurt, I love pizza, I watched Titanic 6 times, I have a crush on Bradly Cooper, I get sick, I sometimes tell lame jokes to which only I laugh and last time I checked myself in the mirror I very much looked human.

    I still have not figured out what crime I have committed to endure this kind of wretchedness. I wonder what being human feels like."


    read the article by Maisam Abumorr >

    A question from Gaza: Am I not human enough? - Opinion - Al Jazeera English

     

    Marina tenta com o PSB






    (Manaus, AM)

    clique na charge para ve-la em tamanho maior
    para ver outras charges clique em marcadores:charges  

    CHARGE ONLINE 

    Marcadores: ,

    Aracy de Almeida: Quanto vale o show?

    Projetos tentam reabilitar a imagem de Aracy de Almeida, lembrada como a jurada ranzinza da TV





     — Ela era uma figura sofisticada, que conhecia a poesia de Drummond e Bandeira e que conversava com escritores. E na música, fosse Noel, Ary (Barroso, que lhe deu em 1939 o “Camisa amarela”, e que ela lançou com sucesso) ou mesmo Caetano Veloso (que fez para Aracy “A voz do morto”), ela sabia de tudo.

    — A Aracy tinha o que eu chamo de estranheza na voz. Um timbre raro, bonito, uma voz ampla. O fanho que não é fanho, algo que tem a ver com Bessie Smith e Billie Holiday 

    — Elis, Dalva, Nora, Rita, Marisa, Elizeth, Doris, Núbia, Nara, Bethânia, Maysa, Alcione, Linda, Isaurinha, Gal, Cássia... Todas divas, mas só Araca era o Canto em Pessoa.

    leia mais na matéria de Silvio Essinger
    Projetos tentam reabilitar a imagem de Aracy de Almeida, lembrada como a jurada ranzinza da TV - Jornal O Globo:

    FIFA: Os maus na fita


     
O suíço Joseph Blatter (esq.) sucedeu o brasileiro João Havelange na presidência da entidade máxima do futebol
Foto: AFP/20-05-2004

    "É impossível não ficar chocado com os caminhos trilhados pela Fifa nas últimas quatro décadas. Pelas 232 páginas do livro, os lances ilegais da entidade se sucedem na mesma velocidade do seu enriquecimento e na expansão da sua rede de interesses.

    João Havelange é alvo de um dos relatos mais surpreendentes do livro: as suspeitas de que o dinheiro que teria patrocinado a sua candidatura à sucessão de Sir Stanley Rous no comando da entidade teria vindo do tráfico de armas, negócio em que teria entrado com ajuda de um ex-ministro do ditador português António de Oliveira Salazar.

    A história também se concentra naquela que seria a grande fonte pagadora dos corruptos da Fifa: a International Sport and Leisure (ISL), empresa suíça de marketing esportivo que durante duas décadas teve o direito exclusivo de explorar comercialmente as Copas do Mundo. Um negócio bilionário e que passou a pesar cada vez mais em todas as decisões da entidade máxima do futebol. Para garantir a sintonia entre seus interesses e os votos do comitê executivo da Fifa, a ISL teria criado um esquema, algo assim como um mensalão: milhões de dólares pagos em propinas regularmente."


    leia mais na resenha de José Figueiredo

    Mesmo sem novidades, livro de Luís Aguilar oferece boa compilação de escândalos que cercam Fifa - Jornal O Globo

    domingo, agosto 17, 2014

    pela cochlea: Frank Ocean - Lost



    She's at a stove
    Can't believe I got her out here cooking dope
    I promise she'll be
    Whipping meals up for a family of her own some day
    Nothing wrong
    No nothing wrong with a lie
    Nothing wrong with another short plane ride

    Now you're lost
    Lost in the heat of it all

    E agora, Marina ?






    SAMUCA
    (Recife, PE)
     
    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Com festas badaladas e novos moradores, Ilha de Paquetá é redescoberta por cariocas e turistas

     
     

    "É certo que a velha Paquetá ainda está lá: as charretes, as bicicletas, o chão de terra, o trenzinho, o baobá na beira da Praia dos Tamoios, os pescadores, as canoas dos pescadores, as serestas, as amendoeiras, os pedregulhos na água, o pedalinho, os bebuns, a vida sem carros, o tempo que não passa, o cheiro de bosta de cavalo, a Pedra da Moreninha, a molecada com boia de pneu, os flamboyants, as casas de muro baixo e as águas poluídas. Ou nem tanto.

    A agenda cheia virou pelo avesso o cotidiano da ilha e seus 4.500 moradores. No último carnaval, com a participação do coletivo Pérola da Guanabara, teve baile na rua e a presença de 12 blocos, numa farra que começava ainda dentro das barcas. É como se carregassem as ladeiras de Santa Teresa para dentro do mar. Na festa junina, tocada pelo mesmo pessoal, o bairro recebeu, segundo informação da concessionária das barcas, outras quatro mil pessoas. Encheu. A “invasão” tem espalhado entre os cariocas a ideia de que ali é um bom lugar para se divertir.

    — Qualquer um que chega, logo que sai da barca, fica encantado. Parece que você fez uma viagem no tempo — explica Violeta Reis, organizadora dos eventos e filha do ex-jogador Afonsinho, médico que mora e dá expediente na ilha.

    — A gente investe mais no patrimônio intangível, na memória afetiva, para reinventar Paquetá — conta Lavrador, que quando criança passou muitos verões na ilha. — Cada vez mais há a necessidade de firmar um turismo mais lúdico e mais consistente. O turista que passa um dia e vai embora não estimula a criação de eventos culturais. Queremos quem fique mais."

    veja a reportagem de Renato Lemos


    Com festas badaladas e novos moradores, Ilha de Paquetá é redescoberta por cariocas e turistas - Jornal O Globo

     

    fotos Guito Moraes

    Hitchcock cameos supercut: Every Alfred Hitchcock appearance in one compilation

     
    "Any movie fan can probably remember spotting some of Alfred Hitchcock’s infamous cameos—as a clock-winder in Rear Window, for example, or as an unlucky pedestrian who misses the bus at the last second in North by Northwest. But YouTube user Morgan T. Rhys’ video compilation of “Every Alfred Hitchcock Cameo” also conveniently highlights many of the lesser-known and harder-to-spot appearances.

    Hitchcock’s earlier cameos especially have a blink-and-you’ll-miss-it quality to them, and thankfully, Rhys specifically outlines each appearance so you can spot him more easily. (Though sometimes, Hitch is so cleverly hidden he’s still hard to make out, as is the case with Rope.)

    It’s a perfect video for Hitchcock fans to watch today, on what would have been the director’s 115th birthday."


    see the video
    Hitchcock cameos supercut: Every Alfred Hitchcock appearance in one compilation (VIDEO).:

    Problema de água em SP não é tão grave assim


    (Rio de Janeiro, RJ)
     
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    O surgimento dos ‘coxinhas’


    "“Coxinha, sociologicamente falando, é um grupo social específico, que compartilha determinados valores. Dentre eles está o individualismo exacerbado e dezenas de coisas que derivam disso: a necessidade de diferenciação em relação ao restante da sociedade, a forte priorização da segurança em sua vida cotidiana, como elemento de “não-mistura” com o restante da sociedade, aliadas com uma forte necessidade de parecer engraçado ou bom moço.”"
    leia o texto de Sergio da Motta e Albuquerque

    O surgimento dos ‘coxinhas’ - | Observatório da Imprensa | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito

    Os silêncios de Robin Williams



    O MESTRE DAS MÁSCARAS Imagens de Robin Williams feitas em Los Angeles,  em 2003. Ele era um ator capaz  de “sumir no personagem” (Foto: Jeff Vespa/Contour by Getty Images)

    " O que assustava em Robin Williams eram os silêncios. Eles vinham de repente, depois de uma saraivada frenética de ideias, palavras e imitações, presas umas às outras por livre associação, pontuadas por vozes diferentes, idiomas diferentes, sotaques diferentes. No tempo que daria para encher um parágrafo de texto, Williams pulava do inglês para o francês, para o alemão, para o espanhol. Transformava-se num motorista de táxi de Nova Jersey, numa garotinha de jardim de infância, num entediado crítico gastronômico, num professor de Oxford. Descrevia uma refeição memorável num bistrô de Paris, sua reação ao ver o filme Doutor Jivago pela primeira vez, como a dramaturgia de Brecht podia mudar a visão de mundo de um ator e como eram os bailinhos com garotas no internato só de meninos onde passara sua infância. “Eu me sentia

    E aí, de repente, vinham os silêncios. Williams rangia silenciosamente os dentes, a mandíbula exterior levemente estendida, o olhar perdido nalgum ponto distante além da interlocutora, além da sala, além do prédio, além.

    “É muito fácil para mim ser um monte de pessoas ao mesmo tempo – isso evita ao máximo que seja eu mesmo”, ele me diria, em 2002. "


    leia a matéria de Ana Maria Bahiana

    Esperando Marina



    (São Paulo, SP)
     
    para ver outras charges clique 
    em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: BERT JANSCH, Jan Akkerman, Ralph Mctell, Sefan Grossman Play Four Songs

    Livro de economista indica as contradições da globalização


     Estudantes chineses protestam vestidos de trabalhadores da Foxconn em frente à loja que revende produtos Apple

    Imagine uma empresa XYZ que fabrica sapatos numa cidadezinha de Ohio nos Estados Unidos. Por causa da redução da margem de lucro e da concorrência com produtos importados, ela decide contratar um terceirizado em Honduras. Demite seus os operários e fecha a operação norte-americana. 


    Para os acionistas, os negócios melhoram. Tempos depois, uma reportagem constata que crianças de 12 anos trabalham em péssimas condições fazendo os calçados da XYZ por uns trocados lá na América Central
     leia a resenha de Eleonora de Lucena
    Livro de economista indica as contradições da globalização - 16/08/2014 - Mercado - Folha de S.Paulo


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER