This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sexta-feira, dezembro 11, 2015

    Dilma e Temer mantém relação



    (Vila Velha, ES)
     
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    IMAGENS









    (em bento rodrigues)

    Austrália identifica suposto criador do Bitcoin e faz buscas na sua casa


     Foto


    "A moeda digital passou de valer apenas alguns centavos de dólar em 2009 a mais de 4.000 reais por unidade quatro anos depois. “Foi construída sobre uma rede que torna o envio de dinheiro a qualquer lugar algo tão simples quanto o envio de um email”, diz o Gizmodo, acrescentando que “se Satoshi Nakamoto revelasse quem é, ele – ou eles – seria aclamado como uma das maiores mentes da informática da nossa era”
    .
    " O sistema pretendia eliminar os bancos da equação econômica, excluir comissões, preservar a privacidade nas transações, facilitar micropagamentos entre as pessoas... Nascia em plena crise e possuía todos os elementos relativos ao sinal dos tempos.

    Hoje, mais de sete anos depois, 25 bitcoins são emitidos a cada 10 minutos e, só na Espanha, são realizadas 100.000 transações por dia. Muitas empresas começam a aceitá-lo como forma de pagamento (Microsoft, Dell, Destinia.."


    leia mais
    Austrália identifica suposto criador do Bitcoin e faz buscas na sua casa | Economia | EL PAÍS Brasil

    Os Últimos Capítulos da Novela Política de 2015 Estão Emocionantes.

     
    "Não é raro encontrar na internet comparações entre os últimos 365 dias da política brasileira e a série sucesso do Netflix House of Cards. Mas, com o "vazamento" da missiva do Michel Temer à Dilma, é bem fácil perceber que o momento atual é mais complexo e bobalhão que o seriado – tem dias em que o Planalto parece um spin-off de Spin City mesmo.

    A carta de Temer, aliás, além de provocar uma avalanche de memes a lembrar que o melhor da internet é o brasileiro e aprofundar o racha dentro do PMDB (a Vila do Chaves da política), é mais uma virada de enredo num ano que contou com senador preso, panelaço em sacada de prédio, manifestação com selfie com a PM, reforma ministerial nas férias escolares, chacinas pelo país e a violência voltando a galope ao cotidiano do Rio, além da crise econômica com direito à piora em todos os indicadores, do desemprego à inflação. Tudo coroado por dois lamaçais: a Lava Jato e o rompimento da barragem da Samarco em Mariana. Ah, sim, não podemos esquecer que o presidente da Câmara dos Deputados, atolado com suas contas na Suíça, finalmente recebeu um dos vários pedidos de impeachment movidos contra a presidente Dilma Rousseff."

    leia o artigo de marie declerq

    quinta-feira, dezembro 10, 2015

    Carta de Temer começou mal



    (Curitiba, PR)
     
    para ver outras charges
    clique em"marcadores: charges

    pela cochlea: Tom Zé - NYC Subway Poetry Department

    Stand Clear of the closing doors
    Stand Clear of the closing hearts
    Stand Clear of the closing heads
    Stand Clear of the closing legs

    Stand Clear of the bloody loss
    Stand Clear of the boring chores
    Stand Clear of the mesmerizing cross
    Stand Clear of the dominating stores

    Chefe da Samarco se recusa a dar entrevista, e Folha apresenta 25 perguntas





    "24. O que a Samarco vai fazer com as áreas destruídas em Mariana? Como os moradores não podem voltar para as áreas, a empresa vai comprar os terrenos? Se sim, para quê? Vai transformar a área em novas barragens da mineradora?

    25. A empresa vai financiar a reconstrução das vilas? Onde serão construídas as novas casas para essas pessoas?

    leia mais:
    Jornal Floripa

    quarta-feira, dezembro 09, 2015

    Vi: WITNESS FOR THE PROSECUTION (dir & rot Billy Wilder, bas Agatha Christie, EUA, 1957)


    Billy Wilder é mestre. Um craque nos roteiros e diálogos. E este é um dos grandes filmes de tribunal, onde Charles Laughton arrasa.

    Cunha ouve clamor das ruas



    (Vila Velha, ES)
     
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Paquetá: os tempos e as utopias


     paquetá palhaço crianças

    "São muitos os forasteiros que, a cada nova temporada, vêm para Paquetá em busca de mudanças mais significativas na sua própria existência. Com isso, são também muitos e diversos os olhares sobre a ilha. Mesmo para quem já está aqui há anos, Paquetá não permanece a mesma, sempre é tempo de repensar, rever, “re-conhecer” a ilha a partir de novos e insuspeitos ângulos. Se, num primeiro momento, chegar à ilha dos amores é como viver a possibilidade de ajudar na construção de uma utopia, uma nova forma de convívio, de pensar o comum, logo vem a fase da decepção, do desgaste, do cansaço diante das dificuldades que o cotidiano aqui também apresenta, sobretudo para quem vem acostumado ao lado confortável de uma vida na metrópole.

    Assim como, a cada ano, muitos vêm, outros tantos se vão. Perdem o que me parece a melhor parte, a possibilidade de conhecer uma ilha de Paquetá que existe por si e não para representar o papel de um lugar ideal, de ilha utópica para existências cansadas. Um lugar que tem história, que forjou um modo de vida próprio, o seu mais caro patrimônio. Entre o amanhecer na Praia dos Tamoios e o anoitecer na Praia da Guarda, as flores e as frutas da estação, as pedras e as árvores centenárias vão preenchendo o espaço e inspirando a rotina dos moradores com suas bicicletas, dos visitantes com suas câmeras fotográficas, dos poetas e demais artistas atraídos aos montes pelo perfume que desce ao cair da tarde e pela cantoria dos pássaros na alvorada."

    leia o artigo de Zeca Ferreira >>

    Fórum Rio

    As ocupações mudaram os estudantes. Agora, eles querem mudar a escola

     
     Ocupação das escolas
     
    "Com as ocupações, a rotina dos colégios ficou diferente. Os estudantes assumiram as atividades de manutenção das unidades: ficaram responsáveis pela limpeza e pela cozinha. A vizinhança participou doando alimentos e produtos de limpeza. E outras pessoas ajudaram organizando debates, oficinas e shows como os do fim de semana.

    Ao longo desse quase um mês de ocupação, voluntários foram responsáveis por um currículo pouco ortodoxo. Os alunos tiveram aulas sobre urbanismo e especulação imobiliária, questões indígenas, movimento negro, comunicação não violenta e questões de gênero, além de oficinas de estampagem de camisetas, jornalismo e dança, entre outras coisas."

    "Vamos perguntar o porquê em sala de aula: por que a gente tem de sentar e ficar 50 minutos para ver uma coisa que pode ser dita de um jeito diferente? Vamos questionar as imposições da direção. Não vamos ficar quietos, literalmente."

    leia a reportagem de Ana Paula Freitas >>


    As ocupações mudaram os estudantes. Agora, eles querem mudar a escola - Nexo Jornal

    Leitos



    (Belo Horizonte, MG)
      
    para ver outras charges
     clique em marcadores:charges 

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Cissie Redgwick - Gimme That Swing

    Não é só a carta. Saiba como o ‘plano Temer’ coloca o vice de um lado e Dilma do outro






    "O PMDB defende um modelo no qual o Estado concede ao setor privado o direito de explorar o petróleo, recebendo dinheiro tanto no ato do leilão quanto nos royalties posteriores. Nesse modelo, o governo tem menos controle sobre o recurso natural, e os empresários têm mais liberdade para assumir riscos e ganhos, com menor interferência estatal.

    Jamais saiu da boca de um integrante do governo petista qualquer fala sobre o Brasil ter gastos excessivos com políticas sociais. Lula construiu sua popularidade com programas de redução da miséria extrema. O governo se apoia, ainda, nas avaliações positivas sobre o impacto do programa para defender a política."

    leia a análise de José Roberto Castro >>


    Não é só a carta. Saiba como o ‘plano Temer’ coloca o vice de um lado e Dilma do outro - Nexo Jornal:

    Esse é o brasão da PM


    De Cosme Rocha Nicacio
     
    Esse é o brasão da PM. Do lado esquerdo tem um símbolo do latifúndio. A cana-de-açúcar. Do lado direito tem outro símbolo do latifúndio. Um pé de café. Em cima tem uma coroa, símbolo da monarquia, elite da época em que se fez o Brasão.

    E no centro tem umas armas protegendo o latifúndio, a elite, e o latifúndio de novo.

    Sei lá. Custava nada lembrar.



    IMAGENS



    MAURICIO FIDALGO

    Marcadores:

    Marília Pera



    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Caros políticos


    capa do jornal O DIA
    9 de dezembro de 2015

    Por que Voluntários Estão Fazendo o Trabalho da Samarco na Crise em Governador Valadares?



    "Foi através de um post no Facebook que dois amigos de São Paulo mobilizaram 220 toneladas de doações. Para a operação ganhar forças, eles se juntaram ao advogado Moacyr Junior, que já estava arrecadando um alto número de doações na Zona Norte de São Paulo. Feita a parceria, seis carretas se dirigiram à cidade até o momento."

    "O trabalho voluntário não para. Maquiadora profissional, Suellen Rodrigues troca os pincéis e os batons diariamente pelos fardos de água. Fundadora do grupo Trupe do Bem, a mineira acredita que o resto do Brasil não tem ideia da atual situação de Valadares. "Falei pros meus amigos que precisamos gritar pra imprensa brasileira o que estamos passando, porque as pessoas não têm noção", relata.

    O objetivo da Trupe, conta Suellen, é entregar a água diretamente na mão de quem precisa. "E para as pessoas carentes nos topos da cidade, onde ninguém tem coragem de ir. Nem a polícia, às vezes."

    Durante um domingo no final de novembro, acompanhamos os voluntários levando as doações até o Hospital Municipal de Governador Valadares. Ali, cada paciente ganhava três garrafas de 1 litro. "


    leia a reportagem de Débora Lopes​  >>

    Por que Voluntários Estão Fazendo o Trabalho da Samarco na Crise em Governador Valadares? | VICE | Brasil


    fotos FELIPE LAROZZA 

    PALAVRAS


    Se você olhar para a população brasileira, ela assiste esse jogo e não se reconhece. O que a população vê são políticos interessados em uma disputa de poder que atende a interesse particulares e não da população. Se tem uma coisa importante no Brasil neste momento é o descolamento entre a política e o mundo real.

    (Renato Pereira)

    A carta que Temer mandou para Dilma





    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Maria Bethania - Saudade dela / Ê senhora / Batatinha roxa / Mão do amor

    Vidas enterradas em Bento Rodrigues




    http://oglobo.globo.com/brasil/vidas-enterradas-em-bento-rodrigues-1-18173893?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=compartilhar&posicaoFoto


    Moradora lembra momento do rompimento da barragem e afirma que não tem vontade de voltar à Bento Rodrigues para não ter que ver cenário de tristeza. Reportagem: Ana Lúcia Azevedo // Imagens: Marcia Foletto (clique na imagem)

    Chacina de Costa Barros: por que são as famílias que têm de dar explicações?

     

     AFP

    "Nas comunidades pobres, diante da escola que não atrai, à espera do emprego que custa a aparecer e sem chance frente a uma polícia que mata, os jovens convivem com a marginalidade. Muitos são tragados por ela. Alguns margeiam a delinquência, experimentando pequenos delitos. Outros, a maioria, ganham a vida honestamente.

    As famílias sabem disso, e por isso o desespero de pais e mães que se sentem obrigados a provar a inocência dos filhos, exibindo o recibo do curso quase concluído, a carteira de trabalho recém-assinada, a apostila de inglês..."

    leia o texto de Fernanda da Escóssia >>

    Chacina de Costa Barros: por que são as famílias que têm de dar explicações? - BBC Brasil:

     AFP

    terça-feira, dezembro 08, 2015

    Temer toma algumas medidas





    (São Paulo, SP)

    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    Vi: VICTORIA (Sebastian Schipper, Alemanha, 2015)


    Todos os lances da pirotecnia cinematográfica atual reunidos juntos neste filme, a começar por ter sido filmado num único take de 134 minutos, embora circule por vãrias locações de Berlin! Tem também os diálogos improvisados, a visão de primeira pessoa (bem, camera colocada tão próxima do rosto da protagonista que é praticamente a sua visão), etc.

    Mas ao invés de resultar num filme artificial, os recursos nos jogam no meio da ação, nos aproximando dos personagens e nos envolvendo num clima de constante sufoco, da merda que pode acontecer a qualquer frame, em meio à alegria inebriante da noitada.

    Victoria é genial.

    Jornalistas desafiam Estado Islâmico em sua autodeclarada capital


     Abdalziz Alhamza, 24, cofundador de coletivo de ativistas que atua em Raqqa, na Síria

    "O coletivo de jornalistas não profissionais Raqqa is Being Slaughtered Silently (RBSS) –Raqqa Está Sendo Massacrada Silenciosamente, em tradução livre– publica fotos, vídeos e relatos sobre a vida na cidade natal de seus fundadores."

    "Os ativistas que ainda vivem em Raqqa precisam driblar as câmeras de vigilância espalhadas pela cidade e as milícias que caçam pessoas suspeitas de documentar as ações do EI. Eles apuram e, depois de enviarem os registros para os colegas no exterior, apagam tudo."

    "Além da internet, o RBSS adota estratégias de camuflagem para atuar dentro de Raqqa. Eles grafitam muros e produzem uma revista, "Dabea", que sempre tem a mesma capa da revista do EI, "Dabiq". Assim, "civis e mesmo combatentes acham que é a revista do Estado Islâmico, mas, quando abrem, encontram os nossos artigos", disse Alhamza à BBC."

    leia a reportagem de Thais Bilenky

    Jornalistas desafiam Estado Islâmico em sua autodeclarada capital - 29/11/2015 - Mundo - Folha de S.Paulo: A

    Os pescadores que já salvaram 6 mil peixes do desastre em Mariana


     peixes-ecod.jpg

    "Em uma operação batizada de “Arca de Noé”, os pescadores se uniram a ONGs e a civis para coletar o maior número de peixes possível e realocá-los em açudes construídos do outro lado do Rio Doce, de cujo leito a lama tomou conta.

    Ao todo, estima-se terem sido salvos mais de 6 mil peixes de 20 diferentes espécies, como robalos, dourados e corvinas. Para a operação, mais de 50 embarcações ficaram no rio das 7h às 19h. Os peixes coletados eram colocados em tanques e levados por caminhões para os açudes de proteção."


    Os pescadores que já salvaram 6 mil peixes do desastre em Mariana — EcoDesenvolvimento.org: Sustentabilidade, Meio Ambiente, Economia, Sociedade e Mudanças Climáticas

    pela cochlea: Isaura Garcia - Mensagem (1946)

    De Flavio Aniceto:

     "Dilma Rousseff faça como a Isaurinha Garcia rasgue a carta sem ler..."

    domingo, dezembro 06, 2015

    Todo mundo dançando





    (Rio de Janeiro, RJ)
      
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: É Com Esse Que Eu Vou - Se Eu Tivesse Um Milhão/ E O Vento Levou/ Chora,...

    Não comia mais feijão
    E dava um chute no patrão
    Se eu tivesse um milhão
    Botava fogo no meu barracão

    Não carregava
    Lata d'água todo dia
    E nem dormia num jornal
    Em noite fria
    Meu Deus do Céu
    Se eu tivesse um milhão
    Todo mundo me dava razão

    O futuro na linha do tiro


    Escola Municipal Haydea Vianna, em Paciência, fica entre duas facções e a milícia Foto: Custódio Coimbra / Agência O Globo

    — A dificuldade é não deixar que os alunos fiquem na janela. Os professores tentam dar aula. Só tentam, porque os alunos ficam muito agitados — disse a coordenadora de uma escola nas proximidades do confronto da última quarta-feira. — Ficamos esgotadas. Parece que toda a alma da gente vai embora, é arrancada.

    — Os alunos estão muito violentos, brigam à toa. Aqui, acabamos fazendo o trabalho de advogado, psicólogo, delegado, babá. Esses alunos não têm acompanhamento psicológico, nem de assistentes sociais. Nós, professores, também precisamos de apoio. Não temos — afirma a diretora de uma escola, cujo nome, assim como os de outras vítimas da violência próxima aos colégios, será omitido por questão de segurança.

    — A situação nunca foi tão crítica. Nosso carro tem um selo para identificar que somos professores. Os traficantes fazem uma revista minuciosa, como se fossem policias. Hoje (no último dia 17), o carro de um colega foi alvejado. Uma professora teve que ficar deitada no ônibus para fugir de tiros — contou um professor.

    leia a reportagem de Elenilce Bottari / Selma Schmidt / Taís Mendes / Rafael Galdo de Figueredo

    O futuro na linha do tiro - Jornal O Globo

    Mariana (MG): a Chernobyl brasileira


     O que sobrou da Escola Municipal Bento Rodrigues, após rompimento de barragem da mineradora Samarco

    "As vozes por lá agora são as muitas vozes do vento. Ele assobia pelos destroços, faz um telhado quebrado chacoalhar estridente. Sacode uma copa de árvore pesada de lama num chiado seco. Bate portas. Rola pequenos objeto a esmo. Joga no chão fotos de família.

    Nas poucas ruas reabertas pelas equipes de resgate perambulam alguns animais, deixados para trás pelos donos em fuga. Vez por outra, uma galinha solitária cisca nos destroços. Numa casa com lama até as janelas, três cachorros magros, um deles com os ossos a espetar a pele, rosnam e ainda montam guarda. Esperam por donos que não vão voltar."

    "As poucas casas ainda de pé, em ruínas e destelhadas, têm as janelas escancaradas para o vazio. No horizonte, no chão, nas paredes, na copa das árvores e nas encostas, tudo o que há é lama. Cinza e marrom, em muitos tons. O cinza vem dos restos do itabirito, a rocha que contém hematita, de onde se extrai o ferro. O marrom é da quantidade colossal de rocha estilhaçada em pedaços grandes como ônibus e pequenos como grão de areia."

    leia a reportagem de Ana Lucia Azevedo

    Mariana (MG): a Chernobyl brasileira:


    (fotos Márcia Foletto )

    Barulho do mar





    (Campinas, SP)
    para ver outras charges clique 
    em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Via iris: Du levande - Voces, os Vivos (dir Roy Andersson, Suecia, 2007)

    Gosto muito dos filmes de Roy Andersson,
    narrando histórias muito humanas da vida urbana através de vinhetas curtas, personagens que vem e vao no roteiro, e um senso de humor peculiar.

    Tem Cancões do Segundo Andar,
    Um pombo pousou num galho refletindo sobre a existência
    e agora vimos este, o filme do meio (as obras são lançadas a cada sete anos)

    A carreira de Marília Pêra em fotos


     
    No final de 2014, Marília frequentou a quadra da escola de samba de São Paulo Mocidade Alegre. O enredo da agremiação foi em homenagem à carreira da atriz Divulgação



    veja a galeria:
    A carreira de Marília Pêra em fotos - Jornal O Globo

    Madureira Pede o Fim do Extermínio da Juventude Negra


     


    "Ao som do "Rap do Silva", a marcha tomou a avenida e percorreu as ruas do bairro. Um carro de som tocava funks e raps enquanto um microfone sem fio amplificava negros que entoavam discursos, palavras de ordem e músicas. Teve um momento bem emocionante em que tocou "Negro Drama", do Racionais, e todo mundo cantou junto. Teve uma hora em que uma coroa puxou no gogó "A Carne", na versão da Elza Soares. Foi de arrepiar.

    Só que nada arrepiou mais que o discurso da Ana Paula Oliveira, mãe do Jonathan, morto por policias da UPP em Manguinhos no ano passado. Ele tinha 19 anos de idade. "Infelizmente, não é como aqueles mentirosos covardes que estão no poder dizem: que são casos isolados. Não são casos isolados. Nossa dor fala por si só. Nós perdemos os nossos filhos e ainda temos de viver na luta para poder encontrar justiça. Mas nós não iremos nos calar, seremos a voz dos nossos filhos enquanto nós vivermos. Meu filho estava totalmente indefeso. Eu quero esse policial que matou meu filho atrás das grades, mas não adianta apenas botar esse policial atrás das grades. O José Mariano Beltrame tem de ser responsabilizado por todas essas mortes. É o sangue de nossos filhos que está sendo derramado. Deixa nossa juventude viver, pelo amor de Deus, deixa nossas crianças viverem – chega de chacinas, chega de covardia! Nossos governantes estão fazendo dinheiro com política de Segurança Pública, esses covardes tem de ser responsabilizados."

    leia mais na reportagem de Matias Maximiliano >>

    Madureira Pede o Fim do Extermínio da Juventude Negra | VICE | Brasil:

     


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER