This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, março 24, 2007

    18° Salão Carioca de Humor: Galeria Virtual



    VILANOVA
    (Porto Alegre, RS)
    "Educação Alimentar"
    Cartum - Terceiro Lugar



    clique no cartum para ve-lo maior.

    Marcadores:

    Pra frente Brasil

    Dunga (o técnico, não o anão) finalmente decidiu escalar tres "atacantes" no jogo da Seleção Brasileira de hoje.

    Dunga finalmente consentiu em permitir que os tres craques do time - Káká, Robinho e Ronaldinho - jogassem juntos (o que seria o óbvio),.

    Só falta agora Dunga acertar na camisa que vai usar durante o jogo.

    Charges




    MELADO
    (Belo Horizonte, MG)



    (clique na charge para ve-la maior)

    A visão das ruas

    Golaço da revista Época.

    Um morador de rua chegou ao hospital em péssimo estado de higiene e estado médico pior ainda. O médico que o atendeu, qual um House tupiniquim, tascou que ele não tinha nada a não ser o fedor e a necessidade de um bom banho. Ao sair do hospital, Seu Ricardo morreu.

    A revista encomendou uma reportagem sobre o assunto a quem realmente entende do assunto. E apresentou um outro ponto de vista. Sebastião Nicomedes é escritor e sem-teto. Recebeu a pauta de pesquisar o caso. Nicomedes conhecia o defunto. Eram vizinhos de rua.


    Leia aqui a reportagem:
    SEU RICARDO MORREU PORQUE NAO TOMAVA BANHO


    Nicomedes também foi tema de reportagem de Época, em 2006:
    TIÃO E OS SONHOS

    sexta-feira, março 23, 2007

    18° Salão Carioca de Humor: Galeria Virtual





    Arnaldo Branco
    (Rio de Janeiro, RJ)
    "A Origem da Máfia Portuguesa"
    Cartum - Menção Honrosa


    (clique no cartum para ve-lo maior)


    É, Arnaldo Branco classificou mais um cartum como menção honrosa.
    Na verdade, todos os cinco cartuns que inscreveu no concurso eram geniais.
    Para não dar só Arnaldo, e entrarem outros artistas na final, o Juri escolheu dois deles.

    Veja aqui o outro

    Marcadores:

    Vamos dar vivas aos grandes heróis

    Não tô dizendo ?

    O alcool, ou melhor, o etanol, subiu á cabeça de Lula.
    E o etanol virou o combustível da moda, o etanol é incensado como a salvação da humanidade, o etanol vai abundar no Brasil, esse país-bunda, êta nóis!

    Aí o usineiro, a personificação da oligarquia mais atrasada do Brasil - há exceções na categoria, é claro, mas a regra ali é clara - o usineiro vira herói.

    Os ministros de seu próprio governo já foram alçados ao olimpo dos heróis na Liga de Lula.

    Quais serão os super-poderes dos usineiros heróis?
    Uma delas, certamente, é a de fazer parar o tempo.
    Em suas plantações de cana ainda existe o tempo da escravidão.
    Em suas mentalidades o mundo vive nos tempos do feudalismo.

    Aos heróis, perdoa-se muita coisa. Inclusive suas dívidas.


    adendo:

    O flerte não é de agora: no início do ano o Banco do Brasil já perdoara cerca de um bilhão de reais de dívidas para com o governo incorridas por usineiros de cana-de-açúcar.

    São engenhosos, os senhores de engenho.


    adendo dois:

    E mais uma vez taí o Nani ilustrando um post,
    com uma tira em quadrinhos que será publicada esta semana em O Dia:



    (clique na tira para ampliar)


    Lembrando que a exposição NANI, DE ESMERALDAS PARA O MUNDO
    continua na Casa de Cultura Laura Alvim (Vieira Souto 176, Ipanema).

    Fofocas

    Estão dizendo que Marta Suplicy é realmente a escolha certa para o Ministério do Turismo
    já que ela é uma mala.


    E não,
    não é verdade que o CPI do Apagão
    pretende investigar o Lula,
    que anda apagando fatos & e a História
    ao chamar usineiros de heróis e receber Collor no Palácio do Planalto.

    Charges



    ANGELI
    (São Paulo, SP)


    (clique na charge para ve-la maior)

    Palavras

    Não será em seis dias, nem em seis semanas, mas de seis meses não passa.

    - Donald Rumsfield,
    quando da invasão do Iraque,
    em março de 2003

    quinta-feira, março 22, 2007

    18º Salão Carioca de Humor: Galeria Virtual



    Arnaldo Branco
    (Rio de Janeiro, RJ)
    "Jesus, Alegria da Mamãe"
    Cartum - Menção Honrosa




    cartum anterior

    Marcadores:

    Palavras

    "Ministeriável" é como se chama quem responde a menos de tres processos.

    - Luis Fernando Veríssimo

    quarta-feira, março 21, 2007

    Charges: Deforma Ministerial



    Marco Jacobsen
    (Curitiba - PR)



    Fred
    (Campina Grande - PB)



    Iótti
    (Porto Alegre - RS)




    Angeli
    (São Paulo - SP)



    Dálcio Machado
    (Campinas - SP)


    (clique nas charges para ve-las em tamanho maior)

    Salão Carioca: A Polêmica (2)

    Esta conversa tem início aqui
    (leia esta parte primeiro)



    Algumas pessoas me perguntaram porque este ano eu resolvi escrever várias respostas às críticas quanto ao salão carioca, sendo que todo ano elas existem, não só em relação ao carioca mas a praticamente todos os concursos de humor.

    Na verdade, não sei porque agora. E antes não. Tempo? Saco? Vontade? Falta dos mesmos, antes? Observo porém que desta vez o volume das críticas aumenou (volume no sentido de quantidade e também de alto tom). Claro, nada bate a edição do salão em que houve o célebre “barraco barração”, mas ali foi um episódio não diretamente pertinente ao nosso trabalho de curadoria. E tampouco agora ocorreram movimentos pela criação de eventos dissidentes (como o Salão dos Excluídos, de tempos atrás, que pretendia reunir – e premiar – quem nao tinha sido premiado).

    Mas o descolamento que senti entre as discordâncias e a realidade do salão (tal qual eu a vejo) foi tão dissonante este ano, diante dos fatos do concurso, e foi tão extremo (no ano passado já era acentuado) que isto me levou a tentar esclarecer algumas coisas.

    Acho que está havendo uma certa desinformação do como se processa o concurso do Salão Carioca. Ou então eu me tornei desinformado e alienado quanto aos resultados desse processo. Por isto estou buscando este diálogo.

    Outro motivo que me levou a escrever sobre isto, no meu blog, em listas de desenhistas, em emails, etc., foi que muitas críticas eram ofensas pessoais, como se o fato de estarmos (o plural se refere à equipe da PACATATU) tentando fazer algo em prol do desenho brasileiro fosse motivo de ressentimentos, de tão equivocado que estamos e mau-caráter que somos.

    A maoria das críticas dirigidas contra mim podem ser englobadas em:
    - estou privilegiando os meus amigos na premiação do concurso.
    A maioria das críticas dirigidas contra o Salão podem ser englobadas em:
    - são sempre as mesmas pessoas premiadas pelo concurso do Salão Carioca.

    Como se vê, quase todas as críticas concentram-se sobre o concurso de humor gráfico. E tem origem em artistas que acabaram não sendo premiados, discordando de critérios (ou da falta de critérios).

    O concurso é – para mim – a atividade mais importante do Salão Carioca, o seu cerne, mas é atualmente um evento muito maior do que isto, com exposições de artistas homenageados, exposições temáticas coletivas, exposições de convidados nacionais e internacionais, exposições históricas, concurso de esquetes de humor, debates e palestras com humoristas, apresentações de peças de teatro de humor, espetáculos musicais de humor, mostra de documentários de humor, apresentações de stand-up comedy, enfim, dois meses de exposições e de 35 a 45 dias de programação humorística.

    Seria interessante receber as críticas e sugestões também sobre todos esses outros componentes do Salão Carioca de Humor. Ou será que estamos acertando em tudo isso e errando tão crassamente logo na questão do concurso?

    Bem, para não prolongar muito o post, vou ficando por aqui. No próximo texto, abordo o que mencionei acima (as críticas contra mim). E no seguinte, as críticas contra o concurso de maneira geral.

    É, como leram, esse papo se estenderá! Peço a paciência dos interessados no assunto para irem acompanhando, e, principalmente, comentando.


    Próximo texto

    Marcadores:

    segunda-feira, março 19, 2007

    Charges



    FRANK
    (Joinville, SC)



    (clique na charge para ve-la maior)

    Vistos na Semana

    Via IRIS:

    The Illusionist (Neil Burger, Tcheco-EUA, 2006)

    Elizabeth I(dir Tom Hooper, rot Nigel Wllliams, c/ Helen Mirren, Ing, 2005)

    El Labirinto del Fauno (Guillermo del Toro, Mex-Esp, 2006)

    A Prairie Home Companion (Robert Altman, EUA, 2006)

    Borat: Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan (Larry Charles, rot & c/ Sacha Baron Cohen, Cazaq, 2006)

    Hollywoodland (Allen Coulter, EUA, 2006)

    Stupeur et Tremblement (dir & rot Alain Corneau, França, 2003)




    Após o tsunami em minha vida do salão carioca (vide os posts por aí sobre isso) tento retomar a programação cinematográfica (parte intensa de minha vida).

    O delírio forte do Labirinto, o escracho hilariante e contundente de Borat, e a emoção de ver um filme de Altman sobre a morte e o fim das coisas sabendo ser seu último filme.......


    a última vez em que publiquei esta lista no blog
    embora de lá para cá tenha visto muitos filmes
    (blog0news andou parado)

    4 anos de invasão do iraque




    foto de Nick Calyx



    Palavras

    Bento 16 está batendo em dois grupos ao mesmo tempo. Ao enrijecer o rito da missa, cortando o contato entre os fiéis, ajustando a conduta dos sacerdotes e sugerindo a volta do latim, bate nos carismáticos. É a turma conservadora e animada de dondocas mil que segue os Marcelo Rossi, padre Zecas da vida.

    Ao partir contra aborto, eutanásia e, principalmente, casamento homossexual, o papa fere em suas causas queridas os setores mais libertários da Igreja.

    Mas a reforma da missa ou o a pancada em coisas como aborto ou casamento homossexual não são importantes, são detalhes. Homossexuais já lidam com a exclusão em boa parte das religiões. Já sabem que, perante sacerdotes de quase todas as crenças, são pessoas piores.

    Azar o das religiões.

    Quando Bento 16 bate nos que casaram pela segunda vez, é diferente. Não está batendo em libertários ou conservadores; bate no fiel comum, pacato. Aí está demonstrando um reacionarismo ímpar. O direito ao divórcio, ao fim de um casamento frustrado, a recomeçar a vida, é não só unânime no mundo ocidental como é tolerado por quase todas as religiões. Está entre as coisas básicas do viver.

    É o direito de, tendo errado, levantar a cabeça, seguir em frente, buscar a felicidade. Um direito humano, inalienável.

    Mas, principalmente, e isto diferencia a questão do divórcio de aborto ou casamento entre gays, é um direito já conquistado. Que não é mais polêmico. Já digerido e habitual da sociedade. É verdade que a Igreja jamais o permitiu, mas já há muitas décadas fingia não ver – o que é do jogo.

    Bento 16 não quer apenas lutar contra direitos que a sociedade civil no ocidente fatalmente concederá a todos seus habitantes: caso do aborto, caso do casamento entre pessoas do mesmo sexo. Ele quer também reverter direitos conquistados, quer voltar o tempo.

    É mostra de algo que não estava claro embora já sugerido: Sua Santidade não entende o mundo em que vive. Está descolado do cotidiano das pessoas, ligado a outra época muito distante no passado.

    Há quem diga que ele é o papa e que, portanto, o que ele diz sobre a Igreja é direito seu e que quem não quiser obedecê-lo que não seja católico. Pronto.

    Exatamente.

    Ao negar total e completamente a Revolução Sexual, Sua Santidade se põe ao lado dos movimentos mais conservadores do Islã.

    Uma de duas coisas acontecerá nas Américas de Boston a Buenos Aires, na Europa de Lisboa à Polônia. Ou a Igreja ficará obsoleta. Ou o papa ficará irrelevante, uma rainha da Inglaterra, um líder que ninguém obedece.


    domingo, março 18, 2007

    Aviso à Praça

    Mais uma vez, tive que interromper as postagens neste blog0news por problemas informáticos.

    Um de meus HDs foi pro espaço - TEC TEC TEC - roda e so tec - gira e nada de dados.

    Tenho outras máquinas, claro, mas é questão de tempo.
    Todo tempo extra está indo agora para, em HD novo,
    instalação de windows (argh!)
    re-instalar os programas todos (haja saco)
    reconfigurar os programas todos
    procurar backups para recolocar coisas no lugar
    refazer os arquivos e infos nao backupeados
    etc etc

    Devo retomar amanha segunda-feira.

    Desculpem a interrupção.
    Não dá para confiar em computadores, em suas peças, nessas máquinas, nos componentes físicos, nos softwares, nos periféricos, coisas que vivem me deixando na mão. De mãos abanando.

    18º Salão Carioca de Humor - Galeria Virtual



    JOTA A
    (Teresina, PI)
    "Deus me Livre"
    Cartum - Menção Honrosa


    clique no cartum para ve-lo maior

    veja tambem a ampliação de um detalhe:




    cartum anterior

    Marcadores:


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER