This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • Acabar com a corrupção eh o objetivo supremo de quem ainda nao chegou ao poder. (Millor Fernandes)

  • Vislumbres

    Assinar
    Postagens [Atom]

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, julho 16, 2016

    A entrevista do Pasquim com LUIS CARLOS PRESTES foi realmente um papo histórico.

    A entrevista do Pasquim com LUIS CARLOS PRESTES foi realmente um papo histórico.

    Pelo conteúdo - Prestes narrou diversos episódios da História do Brasil no século XX - inclusive com informações inéditas - e não como historiador ou pesquisador, mas como participante direto dos acontecimentos.

    Pelo contexto - por anos na ditadura militar era proibido sequer citar o nome Prestes. De repente o homem estava aí de volta, do exílio, falando abertamente, numa entrevista publicada por um jornal de circulação nacional.

    Esta honra coube ao Pasquim. Prestes fez questão disto: "Quando eu voltar ao Brasil minha primeira entrevista será para o Pasquim".

    O programa aborda também a participação deste jornal na campanha da Anistia e seu apoio aos brasileiros exilados.




    As Grandes Entrevistas do Pasquim
    Episódio Seis - Prestes
    Segunda aas 20:00 horas
    Terças às 16:30, Domingos às 11:00
    pelo canal brasil

    BASTA

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Anna Prohaska - A Woman´s Face (Rufus Wainwirght / Shakespeare)

    A woman’s face with Nature’s own hand painted
    Hast thou, the master-mistress of my passion;
    A woman’s gentle heart, but not acquainted
    With shifting change, as is false women’s fashion;
    An eye more bright than theirs, less false in rolling,
    Gilding the object whereupon it gazeth;
    A man in hue, all “hues” in his controlling,
    Which steals men’s eyes and women’s souls amazeth.
    And for a woman wert thou first created;
    Till Nature, as she wrought thee, fell a-doting,
    And by addition me of thee defeated,
    By adding one thing to my purpose nothing.
    But since she prick’d thee out for women’s pleasure,
    Mine be thy love and thy love’s use their treasure

    Luis Carlos Prestes


    O próximo episódio de As Grandes Entrevistas do Pasquim trará uma entrevista de peso: Luis Carlos Prestes.

    Nesta entrevista, feita tres dias após seu retorno do exílio, em 1977, o homem que foi personagem central da História do Brasil conta uma boa parte dessa história.



    As Grandes Entrevistas do Pasquim
    Episódio Seis - Prestes
    Segunda aas 20:00 horas
    Terças às 16:30, Domingos às 11:00
    pelo canal brasil

    Frase gerou interpretação maldosa, diz roteirista da 'Mônica' atacada na web

     Trecho retirado da historinha "Dentuça, Eu?", edição 94 da Turma da Mônica Jovem

    "Nos quadrinhos que envolvem a frase, Mônica se vê pressionada pelos amigos, que opinam se ela deve ou não colocar aparelho para corrigir seus dentinhos protuberantes —uma de suas maiores marcas. Irritada com os pitacos alheios sobre sua vida, ela decide deixar claro que a decisão cabe somente a si.

    Na web, a imagem isolada da frase feminista gerou mensagens de ódio e ofensas pessoais direcionadas à roteirista, acusada de propagar um discurso "abortista"."


    leia reportagem de Carol Prado​
    e veja as páginas de HQ em questão

    nfde.xyz |

    Charges relembram polêmica trajetória de Cunha à frente da Câmara -





    Durante o período em que presidîu a Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi figurinha carimbada nos noticiários, muitas vezes por se envolver em polêmicas.

    O chargista Lute, do Hoje em Dia, acompanhou e retratrou a trajetória de Cunha em imagens. Confira algumas charges feitas por ele com os principais fatos envolvendo o ex-presidente da Câmara.


    Charges relembram polêmica trajetória de Cunha à frente da Câmara - Primeiro Plano - Hoje em dia:

    De Maia a pior





    (Juiz de Fora, MG)

    para ver outras charges
    cliquem em marcadores:charges

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Arnaldo Antunes & Edgard Scandurra - O Sol

    Nessa época o sol é mais frio
    Porque ele se divide em mil
    Mas para lá de janeiro
    Ele volta a ficar inteiro
    Agora o sol parece uma laranja madura
    Porque ele está sem pintura
    Mas quando entra março
    Parece a cara de um palhaço
    Tem dias que o sol vai embora
    Tem noites que não tem aurora
    Às vezes ele fica no Japão
    E só volta quando chega o verão
    Agora que o sol está bravo
    Parece uma moeda de um centavo
    Mas quando se alegra, o sol
    Fica maior que uma bola de futebol
    O sol está brilhando muito claro
    Porque hoje é seu aniversário
    Nesses dias ele quase cega
    E quem é cego quase enxerga
    O sol está sempre ali no céu
    A terra é que faz o carrossel
    De noite o sol apaga sua chama
    E dorme debaixo da minha cama

    sexta-feira, julho 15, 2016

    Novo presidente da Câmara encerra CPI que investigava grandes empresas | JORNAL O TEMPO

     Rodrigo Maia

     Integrantes da CPI protestaram contra a mudança. "Rodrigo Maia já deixa sua marca de blindador das grandes empresas ao cancelar a prorrogação da CPI do Carf", afirmou Ivan Valente, líder do PSOL.

    LEIA MAIS

    Novo presidente da Câmara encerra CPI que investigava grandes empresas | JORNAL O TEMPO:

    Not Nice





     SAMUCA
    (Recife, PE)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges

    Marcadores: ,

    Vi: MARGUERITE (dir Xavier Gianolli, França, 2016)


    Mais do que a história de uma mulher desafinada que cisma ser cantora de ópera, é um filme sobre o amor pela arte, a paixão pela música, a obstinação em busca de sonhos, a loucura das ilusões.

    Excelente, e com o tour-de-force de  Catherine Frot

    Acidente fatal com carro autônomo levanta questões sobre segurança - Jornal O Globo


     

    "A principal hipótese é de que dispositivo Autopilot, que dirigia o Tesla na hora da colisão, não conseguiu diferenciar a enorme carreta-baú branca do céu claro. Confundido, o computador não freou o carro, matando seu dono.

    Desde então, pipocam na imprensa casos de pequenos acidentes envolvendo os Tesla S. Dispositivos de direção autônoma passaram a ser vistos como vilões."

    "Não está longe o dia em que os carros terão que tomar decisões éticas. Um exemplo: se cinco pessoas atravessarem a pista subitamente e não houver espaço suficiente para frear, o automóvel deve atropelar o grupo ou sair da estrada (mesmo que isto mate o seu motorista)? Outro: um carro deve atropelar um motociclista ou bater em uma parede, levando-se em conta que a chance de sobrevivência em um acidente é maior para quem está dentro de um automóvel? E mais: em uma pista há um casal de idosos; na outra, uma mãe empurrando um carrinho de bebê. O atropelamento é inevitável - qual caminho o carro autônomo tomará?

    leia reportagem de @Jason Vogel.


    Acidente fatal com carro autônomo levanta questões sobre segurança - Jornal O Globo

     

    Com nomes como Ziraldo, série conta história dos quadrinhos no Brasil


    Lambe-lambe com charge do cartunista Angeli feito para a série "HQ - Edição Especial", da HBO

    Para entender Angeli, é preciso antes observar o impacto causado pela beleza e imundície de São Paulo. "HQ - Edição Especial", série documental sobre a história do quadrinho nacional que estreia nesta quinta (14), tenta fazê-lo espalhando lambe-lambes com tirinhas do cartunista da Folha pela cidade. 

    Nas últimas décadas, Angeli e Laerte –cada um, objeto de um capítulo na série– pavimentaram o cenário em que hoje permite a criação de nomes como André Dahmer, Allan Sieber e Arnaldo Branco. Ou o "trio de cariocas mal-humorados", diz Ângelo Defanti, que roteiriza e dirige os dez episódios da série. 

    De Ângelo Agostini, pioneiro do gênero no século 19, aos artistas que sucedem a dupla Fábio Moon-Gabriel Bá, passando por Ziraldo e Mauricio de Sousa, o ecletismo e o despudor em copiar o traço estrangeiro une os desenhistas nacionais. 

    Essencialmente publicado em jornais, o quadrinho acabou depurando o noticiário da época de cada cartunista. Ao rememorar suas obras, a série acaba contando a história recente do país pelo viés ilustrado. "Na ditadura, o quadrinho e a charge comunicaram [o que era censurado] em diversas situações. É um poder inacreditável", diz o produtor, Rodrigo Teixeira.


    Com nomes como Ziraldo, série conta história dos quadrinhos no Brasil - 14/07/2016 - Ilustrada - Folha de S.Paulo:

    quarta-feira, julho 13, 2016

    Na Câmara



    (São Paulo, SP)

    quer ver mais charges?
    clique em marcadores: charges 

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Fernanda Takai e Zélia Duncan - Mon Amour, Meu Bem, Ma Femme

    E foi com isso
    Que você me conquistou
    Com esse jeito de menina
    E esse gosto de mulher
    E nada existe em você
    Que eu não ame
    Sou metade sem você
    Mon amour, meu bem, ma femme!

    Como vou explicar pro meu filho que pessoas do mesmo sexo....

    De ULISSES MATTOS

    Tô lendo sobre críticas a uma cena gay em uma novela. Tem sempre aquele papo "Mas como vou explicar pro meu filho que pessoas do mesmo sexo se relacionam intimamente?"

    Se você não sabe explicar, deixa os moleques assistirem a alguns desenhos animados que estão fazendo isso de forma tranquila, no Cartoon Network.


    Em "Steven Universo", umas das heroínas do grupo Crystal Gems é uma fusão de duas moças que não conseguem viver separadas, e até canta sobre o amor que as une enquanto combatem uma vilã que odeia o que ela é ("Stronger than you"). Em "Hora da Aventura", a doce princesa Jujuba tem um caso com a vampira roqueira Marceline, não admitido oficialmente pelo canal, mas já confessado por membros da equipe de criação e já sacado por grande parte do público. Tudo sem alarde. Bem naturalmente.


    Se o problema é mesmo não saber explicar, tá tudo encaminhado, relaxa.

    Rio mayor Eduardo Paes: 'The Olympics are a missed opportunity for Brazil' | Cities | The Guardian

     


    "Every host city faces controversy in the build-up to the mega-event, but a combination of recession, security breakdowns, the Zika epidemic, the Brazil president’s impeachment, budget cuts, infrastructure delays, environmental scares and complaints about displacement and gentrification have inflicted serious damage on the images of both Brazil and Rio. "

    "Critics claim the mayor is directing a disproportionate amount of Olympic funds towards the wealthy Barra da Tijuca region on the western side of the city, where Paes cut his political teeth.
    This is where several of his campaign backers have major projects. One of them, Carlos Carvalho, told the Guardian last year he planned to make Barra the centre of Rio – even if it meant driving out the poor so a “noble” elite could move in."

    "This is disputed by social activists and academics, who point out that most of the new roads and transport links take people to and from Barra. They argue Paes is aggressively promoting the gentrification of the city, even if it means forcing many people out of their homes.

    The number of relocations is fiercely disputed. Leftwing critics claim the mayor has moved more than 50,000 people – a higher number than any of his predecessors. Paes says these are wildly exaggerated claims spread by his political rivals. He puts the number of relocations in the hundreds for directly Olympic-related projects, or the low thousands if the new rapid bus systems are included."

    read newstory by Jonathan Watts

    Rio mayor Eduardo Paes: 'The Olympics are a missed opportunity for Brazil' | Cities | The Guardian

    pela cochlea: Melody's Echo Chamber - Quand Vas Tu Rentrer?...

    Est ce que je vois
    De ma chambre
    Lasse
    Si tu t'endors
    Fais vriller
    Briser
    T'effaces

    Quand vas tu rentrer?
    (J'ai froid)

    Aberta eleição para o lugar de Cunha





    (Rio de Janeiro, RJ)

    clique na charge para ve-la maior
    para ver outras charges clique em"marcadores: charges


    CHARGE ONLINE

    Marcadores: ,

    pela cochlea: Toro Y Moi - Empty Nesters



    Let’s try to make another hit for the teens
    I miss your bangs, can you cut them for me
    Smothered and covered by my high school dreams
    Call Mom and Daddy cause the nest is empty
    And so are you

    Mães de jovens mortos em chacina de Costa Barros buscam justiça





     "— Cada vez que escuto um tiro penso no que Cleiton sentiu quando entrou a primeira bala. Não consigo parar de pensar nisso. Nenhuma mãe suporta ver um arranhão em seu filho, imagine vê-lo transformado em picadinho. Meu filho foi enterrado nu, porque não era mais um corpo que pudesse ser vestido — desabafa Monica Correa, antes de outra rajada soar em Costa Barros.

    A canção da guerra toca todos os dias no bairro da Zona Norte que virou sinônimo de violência. Para as mães dos cinco amigos que morreram juntos, em 28 de novembro do ano passado, tiros trazem recordações: do último beijo, do adeus que não houve, da poça de sangue sob o Palio branco no qual os jovens saíram para lanchar. Cento e onze tiros mataram Cleiton, Wilton, Carlos Eduardo, Wesley e Roberto. Ninguém sofre igual a quem pôs os meninos no mundo. Na semana passada, Joselita de Souza, mãe de Betinho, foi internada em São João de Meriti com pneumonia e anemia. Não queria mais se alimentar nem sair da cama, muito menos de casa. Segundo parentes, a mulher que, antes da chacina, vivia sorrindo, morreu de tristeza. Tinha 44 anos."


    leia reportagem de Caio Barreto Briso >>


    Mães de jovens mortos em chacina de Costa Barros buscam justiça - Jornal O Globo:

    História mostra por que tantas mulheres se calam sobre estupro

    "Na legislação hebraica, por exemplo, o homem que violasse uma mulher virgem, prometida em casamento, era condenado à morte. Porém, se a mulher não fosse prometida, o estuprador tinha que pagar "indenização" ao pai da vítima e casar-se com ela.

    No Brasil colônia, para que o estupro fosse considerado crime, a mulher tinha que ser virgem e, logo depois de violada, sair gritando pelas ruas, de preferência, falando o nome do criminoso.

    Considerada pouco confiável pela Igreja Católica, a mulher não tinha vez. Suas palavras valiam menos do que a do seu algoz."


    leia reportagem de Claudia Colucci​ >> 

    História mostra por que tantas mulheres se calam sobre estupro - 06/06/2016 - Cotidiano - Folha de S.Paulo


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER