This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • O PROBLEMA DO MUNDO DE HOJE EH QUE AS PESSOAS INTELIGENTES ESTÃO CHEIAS DE DUVIDAS, E AS PESSOAS IDIOTAS ESTAO CHEIAS DE CERTEZAS. (BUKOWSKI)

  • Vislumbres

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    quarta-feira, julho 10, 2019

    O Projeto Moro e a experiência italiana

    Presos rebelados negociam com policiais na Penitenciária de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, onde 26 detentos foram mortos. O encarceramento em massa amplia o exército das facções. Foto: Nacho Doce / Reuters


    "Em outras palavras, as novas leis e os processos simbólicos pouco mudaram a realidade italiana.

    Com alguma distância temporal e suas peculiaridades, o Brasil usou do mesmo remédio para tentar enfrentar a corrupção e o crime organizado. Foi aprovada em 2013 uma lei que define e tipifica a organização criminosa, com penas, métodos de investigação específicos e medidas cautelares próprias. A execução penal também foi recrudescida com a instituição do Regime Disciplinar Diferenciado, e as regras sobre lavagem de dinheiro tornaram-se mais duras. Seguindo o exemplo da Itália, processos simbólicos como o mensalão e a Lava Jato ocuparam manchetes e impactaram a vida política do país.

    O resultado foi similar ao italiano: pequeno. O crime organizado cresceu. Só o PCC aumentou seu exército para 30 mil membros e movimenta cerca de R$ 400 milhões ao ano.

    No que tange à corrupção, o Brasil ocupou em 2018 sua pior posição na história do ranking de percepção do crime medido pela Transparência Internacional.

    Seria o momento de repensar nossa política criminal, refletir sobre esses resultados e discutir projetos inovadores."

    LEIA O ARTIGO DE PIERPAOLO BOTTINI

    0 Comentários:

    Postar um comentário

    Assinar Postar comentários [Atom]

    << Home


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER