This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • O PROBLEMA DO MUNDO DE HOJE EH QUE AS PESSOAS INTELIGENTES ESTÃO CHEIAS DE DUVIDAS, E AS PESSOAS IDIOTAS ESTAO CHEIAS DE CERTEZAS. (BUKOWSKI)

  • Vislumbres

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, abril 06, 2019

    Ricardo Vélez Rodríguez, um ministro em conflito


    O MINISTRO DA DESEDUCAÇÃO



    Nascido na Colômbia e naturalizado brasileiro em 1997, o ministro Ricardo Vélez Rodríguez é considerado por aliados como um homem de fácil trato, simpático e cortês. Foto: Ueslei Marcelino / Reuters 

    "Como professor, Vélez teve atuação discreta. Alunos se recordam dele como um professor tranquilo e atencioso, mas que não fazia parte do rol dos melhores mestres. Átila Castello Vaqueiro, de 23 anos, foi seu aprendiz de ética e filosofia no curso de Direito na antiga Faculdade Arthur Thomas, hoje Positivo, em Londrina, em meados de 2017. Vaqueiro disse que o forte sotaque e o portunhol atrapalhavam um pouco a compreensão das aulas. A didática adotada — suas aulas eram 90% ministradas com auxílio de longos slides — não ajudava. “Os alunos achavam um pouco cansativo”, afirmou Vaqueiro. Pelo menos uma vez por semana, o professor encontrava um jeito de cutucar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Ele dizia: ‘Lulinha, bacana, era um sofista. O moluscozinho e sua galera...’. E citava que as ações deles eram falácia, que pregavam algo em que não necessariamente acreditavam”, rememorou Vaqueiro, imitando o forte sotaque do colombiano. "

    LEIA REPORTAGEM DE  Aline Ribeiro​ e Ana Clara Costa​

    Ricardo Vélez Rodríguez, um ministro em conflito - Época:

    0 Comentários:

    Postar um comentário

    Assinar Postar comentários [Atom]

    << Home


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER