This site will look much better in a browser that supports web standards, but it is accessible to any browser or Internet device.



blog0news


  • TA TUDO MUITO ESQUISITO, DEPOIS QUE VISUAL VIROU QUESITO

  • Vislumbres

    Powered by Blogger

    Fragmentos de textos e imagens catadas nesta tela, capturadas desta web, varridas de jornais, revistas, livros, sons, filtradas pelos olhos e ouvidos e escorrendo pelos dedos para serem derramadas sobre as teclas... e viverem eterna e instanta neamente num logradouro digital. Desagua douro de pensa mentos.


    sábado, maio 06, 2017

    Os cartuns de Belmonte, com Juca Pato na dianteira, cutucavam um Brasil visceralmente medíocre.


     Coronelismo


    "Careca, de óculos de aros redondos, gravata-borboleta, fraque e polainas, a caricatura acabada de um janota da Primeira República, Juca Pato virou sucesso instantâneo. A rigor, ficaria mais conhecido que o próprio criador. O carimbo definitivo da popularidade veio já no Carnaval seguinte, quando virou ao mesmo tempo tango e maxixe. O deboche de Juca Pato e o do Carnaval – tudo a ver.

    “Por meio do inconformado e contestador Juca Pato”, escreve Gonçalo Junior, “Belmonte interpelava presidentes, governadores e prefeitos sobre suas responsabilidades públicas, ridicularizava os interesses políticos mesquinhos, reclamava do desdém com que as autoridades tratavam a população e a cidade, expunha os esforços que o cidadão comum fazia para melhorar de vida, revelava as contradições da modernização apressada de São Paulo, satirizava os novos hábitos de seus contemporâneos"

    mais no artigo de Nirlando Beirão


    Um Pato muito diferente dos de hoje, fantoches de sanguessugas do poder — CartaCapital:



    0 Comentários:

    Postar um comentário

    Assinar Postar comentários [Atom]

    << Home


    e o blog0news continua…
    visite a lista de arquivos na coluna da esquerda
    para passear pelos posts passados


    Mas uso mesmo é o

    ESTATÍSTICAS SITEMETER